ID, ego e superego: conheça os 3 grupos de forças da personalidade

Inscreva-se para receber nossa newsletter

Blog e Notícias

© Depositphotos.com / ktsdesign O neurologista Sigmund Freud desenvolveu um modelo estrutural de personalidade dividido em três estruturas: ID, ego e superego.

Durante muito tempo, os distúrbios psicológicos foram considerados loucura e possessão diabólica. Foi a partir dos estudos do neurologista Sigmund Freud que esse tipo de doença passou a ser visto como um problema causado por processos orgânicos e psicológicos.

A partir daí o especialista percebeu que muitas atitudes humanas são condicionadas pelo inconsciente. Freud estimou, então, que o acesso ao inconsciente individual possibilitaria encontrar as respostas para os problemas psicológicos. Com essa ideia, ele propôs a interpretação de sonhos e a livre associação como métodos para acessar camadas mais profundas da mente e buscar a cura.

Em 1923, Freud desenvolveu um modelo estrutural da personalidade, organizando o aparelho psíquico em três estruturas: ID, ego e superego. Cada uma delas é responsável por um aspecto da personalidade humana, regendo a interação do indivíduo com outras pessoas.

Superego: aspecto moral da personalidade, produto da internalização dos valores e padrões recebidos dos pais e da sociedade.

ID, Ego e Superego

ID

O ID é a fonte de energia psíquica e o aspecto da personalidade relacionado aos instintos. É totalmente inconsciente, sendo formado pelas pulsões, instintos, impulsos orgânicos e desejos inconscientes.

O ID funciona de acordo com o princípio do prazer, buscando sempre o que gera prazer e evita o desprazer. O ID é impulsivo, busca uma solução imediata para as tensões, não aceita frustrações e não conhece inibição. Além disso, esse aspecto desconhece juízo, a lógica, os valores e a moral.

Ego

O ego é aspecto racional da personalidade responsável pelo controle dos instintos, servindo como mediador e facilitador da interação entre o ID e as circunstâncias do mundo externo.

O ego representa a razão ou a racionalidade, ao contrário da paixão insistente e irracional do ID. O ego obedece ao princípio da realidade, refreando as demandas em busca do prazer até encontrar o objeto apropriado para satisfazer a necessidade e reduzir a tensão. A principal função do ego é buscar uma harmonização entre os desejos do ID e a supervisão/realidade/repressão do superego.

Superego

É a parte moral da mente humana que representa os valores da sociedade. O superego tem três objetivos:

– Reprimir, por meio de punição ou sentimento de culpa, qualquer impulso contrário às regras e ideais;

– Forçar o ego a se comportar de maneira moral, mesmo que irracional;

– Conduzir o indivíduo à perfeição.

O superego forma-se após o ego, enquanto a criança assimila os valores recebidos dos pais e da sociedade. Ele pode funcionar de uma maneira bastante primitiva, punindo o indivíduo não apenas por ações praticadas, mas também por pensamentos inaceitáveis. O superego tem o pensamento dualista (tudo ou nada, certo ou errado, sem meio-termo) e está sempre em conflito com o id.

A interação entre ID, ego e superego

Imagine que você acorda em uma segunda-feira ensolarada e precisa ir trabalhar. O ID entra em ação quando você pensa ou decide não ir ao trabalho, aproveitando o dia ensolarado para fazer um passeio.

O ego traz a razão e mostra que você deve ter responsabilidade e encontrar outra oportunidade para fazer esse passeio, apontando que o mais prudente no momento é ir ao trabalho. O Superego, por fim, acredita que uma atitude dessas é inaceitável, e que você merece punição caso tome essa decisão.

Para a Psicanálise, os distúrbios psicológicos e os conflitos surgem a partir da interação disfuncional entre as três estruturas.

Método LOTUS

Se você quer entender um pouco mais sobre sua mente e compreender as informações que estão registradas no seu inconsciente, conheça o Método LOTUS. Este treinamento de Inteligência Emocional colocará você em contato com seu mundo interior, trazendo grandes transformações para sua vida.

Posts Relacionados

Como a inteligência emocional pode ajudá-lo a encontrar seu propósito

Leia Mais ►

Descobrir sua vocação é uma jornada de autoconhecimento e exploração.

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter

Formulário captação

Preencha os campos abaixo pra continuar