Como conciliar o trabalho e o relacionamento com os filhos?

Inscreva-se para receber nossa newsletter

Blog e Notícias

Nossa sociedade está estruturada de forma a fazer com que os adultos passem grande parte de seus dias fora de casa, no trabalho, certo? Mas quando se tem filhos, essa realidade pode acabar se transformando em problema, uma vez que criar uma criança exige muito tempo e dedicação. A verdade é que, com comprometimento e o coração livre de culpas, é sim possível organizar a própria vida equilibrando o trabalho e a família para que cada um use o espaço necessário dentro da sua vida. Não sabe nem por onde começar a organizar essa conciliação? Pois confira já as dicas que separamos no post de hoje sobre como conseguir conciliar carreira e família sem que nenhum dos lados seja prejudicado! Pronto?

Estabeleça limites

Muita competitividade, pressão para o alcance de metas e acúmulo de demandas acabam fazendo com que as pessoas fiquem mais horas trabalhando do que sua jornada realmente determina, cenário nada ideal para a conciliação do tempo para os filhos. Por isso, é preciso saber se organizar para cumprir as tarefas profissionais sem precisar de horas extras, sabendo dizer não ao empregador em certas ocasiões. Lembre-se de que o trabalho é importante, mas não deve ser prioridade total, a ponto de você deixar de lado sua família e seus pequenos, certo?

Esteja presente

No escritório, foque no trabalho. Em casa, foque nas relações familiares. Afinal de contas, de nada adianta passar horas ali do lado dos seus filhos se você está com a cabeça longe, irritado, desejando estar em outro lugar. Assim, é importante ter algum momento em que você possa se dedicar por inteiro às crianças. Para criar um vínculo ainda mais forte, reserve um certo tempo diário para brincar com os pimpolhos, ficando longe de celulares ou outras distrações pelo menos durante esse período!

Escolha bem

Fato é que, durante a ausência dos pais, alguém terá que olhar as crianças. Nesse contexto, seja essa pessoa uma babá, uma das avós ou a professora da escolinha, o importante é fazer uma escolha criteriosa, que o deixe tranquilo para você poder realmente cuidar de sua vida profissional quando estiver fora de casa. Oriente esse responsável sobre o tipo de educação que você deseja dar e diga quais são suas principais regras de conduta, para que vocês falem a mesma língua com os pequenos.

Na hora de sair de casa para trabalhar, despeça-se, dizendo aonde vai e também quando volta. Nada de sair de fininho, viu? Esse tipo de atitude pode causar uma enorme insegurança nas crianças. Não se esqueça de que as crianças costumam se adaptar facilmente, aprendendo a lidar com certas frustrações quando sentem que são amadas, mesmo apesar das ausências.

Envolva as crianças

Tem que cozinhar a janta? Chame seus filhos para ajudar! Faça o mesmo na hora de preparar a lancheira, colocar roupas para lavar, ir às compras e assim por diante! Assim você conseguirá, ao mesmo tempo, ter mais tempo livre, criar um senso de responsabilidade nos pimpolhos e estreitar laços de forma natural e cotidiana.

Viu como trabalho e filhos têm demandas que podem ser perfeitamente equilibradas, desde que você consiga focar em cada uma delas no momento certo? Gostou das nossas dicas para conciliar vida profissional e pessoal? Tem conseguido encontrar o balanço correto entre esses âmbitos? Comente aqui e nos conte sobre suas experiências!

Posts Relacionados

Crenças são ideias que acreditamos ser verdadeiras. Elas podem ser

Leia Mais ►

A inteligência emocional (IE) e a inteligência artificial (IA) são

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter