Inscreva-se para receber nossa newsletter

© Depositphotos.com / ikostudio O distúrbio emocional pode ser percebido pelos pais por meio da identificação de sintomas como: baixo rendimento escolar, ansiedade, tristeza, problemas com o sono e timidez excessiva.

Os problemas emocionais fazem parte da vida de todas as pessoas, e podem ocorrer em qualquer idade. Muitos desses transtornos, porém, começam a ser desenvolvidos desde a vida intrauterina — quando os bebês registram e interpretam todas as emoções da mãe e o do pai. Ainda dentro da barriga da mãe, o bebê não é capaz de identificar a causa de medos, ansiedades ou tristezas vivenciadas pela mãe ao longo da gestação, e acabam registrando esses sentimentos como se fossem dele.

Embora muitos indivíduos tenham passado por experiências capazes de deixar traumas emocionais (como rejeição, maus tratos, abandono e falta de amor), a maioria dos problemas e distúrbios emocionais são resultado das interpretações do inconsciente. Isso significa que todas as pessoas carregam algum tipo de dor emocional, seja ela real ou interpretativa.

Essas experiências, somadas às vividas até os sete anos de vida da criança, são responsáveis por desenvolver seus programas emocionais. Durante esse período, todas as emoções e experiências são registradas e interpretadas de acordo com os sentimentos, e essas interpretações são transformadas em padrões emocionais e comportamentais que podem refletir por toda vida.

Um exemplo muito comum de interpretação que se torna um padrão comportamental pode ser observado quando uma mãe sai para trabalhar e deixa o filho em casa. Nesse caso, a criança não tem consciência de que sua mãe retornará em algumas horas, e apenas sente o vazio deixado pela falta da presença materna, podendo se sentir abandonado. Este sentimento fica registrado no subconsciente do indivíduo, fazendo com que ele crie padrões para se proteger da dor ou para suprir as necessidades de amor e proteção.

Tipos de distúrbios emocionais na infância e seus sintomas

A infância é marcada por muitas transformações, e é nesta fase que o indivíduo se desenvolve física e psicologicamente, adquirindo padrões e bases comportamentais. Os distúrbios emocionais podem se manifestar durante essa fase da vida, e os pais devem permanecer alertas aos sintomas apresentados.

Principais sintomas de distúrbios infantis

  • Baixo rendimento escolar;
  • Agressividade e irritabilidade;
  • Dificuldade de concentração e aprendizado;
  • Ansiedade;
  • Problemas com o sono;
  • Insegurança;
  • Tristeza;
  • Dificuldade para fazer amigos;
  • Timidez excessiva.

Casos os sintomas citados forem recorrentes e provocarem prejuízos na vida familiar, escolar e social da criança, é sinal de que existe um desajuste que precisa ser identificado e tratado para que o problema não persista e se agrave durante a vida adulta.

Distúrbios mais comuns durante a infância

Vale lembrar que, quando as feridas da infância não são devidamente identificadas e tratadas, podem causar graves sequelas emocionais na vida adulta. A maneira mais eficaz de ajudar uma criança que está apresentando sintomas de distúrbios emocionais é procurar ajuda especializada e desenvolver sua Inteligência Emocional para entender e reconhecer os gatilhos que levam ao problema e como isso afeta a vida das pessoas.

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Caso você ainda não conheça o significado do termo “mindset”,

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter