Inscreva-se para receber nossa newsletter

© Depositphotos.com / Jirsak Os estágios motivacionais são: pré-contemplação, contemplação, preparação, atitude e manutenção.

Mudar hábitos que trazem consequências negativas é um processo que exige muito esforço. Isso porque essas sequências de comportamentos, quando repetidas automaticamente em uma rotina, acabam se tornando vícios muito difíceis de superar. De acordo com Rodrigo Fonseca, fundador e presidente da Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional (SBie), isso acontece porque o hábito tem justamente o objetivo de fazer o indivíduo poupar energia.

“O ser humano repete hábitos previamente moldados e arraigados no cérebro emocional. Quando temos um comportamento estabelecido no cérebro emocional, não é necessário gastar energia pensando em que movimento é preciso fazer para escovar os dentes, por exemplo”, explica Rodrigo Fonseca.

Nesse contexto, modificar hábitos e comportamentos autodestrutivos é um processo que exige tempo e muita dedicação, uma vez que as ações que são repetidas diversas vezes reforçam os caminhos neurais responsáveis por elas, tornando cada vez mais difícil eliminar essas manias. Porém, o cérebro humano é plástico e está em constante mudança, o que significa que a mente é capaz de se adaptar e se moldar diariamente.

Estágios motivacionais de Prochaska e Diclemente

No final da década de 70, os pesquisadores norte-americanos James Prochaska e Carlo Diclemente desenvolveram um estudo que traz os estágios motivacionais que precisam ser superados por um indivíduo que deseja eliminar vícios, dependências ou obsessões. São eles:

Pré-contemplação

Na primeira fase do estado de mudança, o indivíduo está relutante por ainda não saber que precisa modificar seus hábitos e, justamente por isso, ele nega a existência do problema.

Contemplação

Neste estágio motivacional, o indivíduo começa a perceber sua dificuldade, mas o medo e a insegurança fazem com que ele não tenha forças para iniciar as mudanças necessárias. Como resposta, ele tende a se defender e justificar seus vícios quando, no fundo, ele quer iniciar um processo de mudança.

Preparação

O indivíduo começa a perceber e entender como algumas mudanças podem fazer com que abandone o ciclo vicioso e supere seus problemas. Como consequência, ele começa a se preparar para iniciar um processo de mudança.

Atitude

De maneira efetiva, o indivíduo começa a realizar transformações e passa a lidar com seus medos e lutar contra o seu padrão de comportamento.

Manutenção

Trata-se do estágio que exige uma maior disciplina para evitar possíveis recaídas.

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Caso você ainda não conheça o significado do termo “mindset”,

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter