Inscreva-se para receber nossa newsletter

Na imagem, um homem está olhando atentamente um celular em sua mão direita, e atrás dele, está uma mulher com ciúme que, sem que ele perceba, tenta espionar o que ele está fazendo no celular.

Entenda quando o ciúme se torna doentio e prejudica seu relacionamento.

O sentimento de ciúme é apenas uma reação extremamente natural de todos nós, seres humanos, diante de uma em situação em que sentimos alguma ameaça referente à perda de alguém ou de uma relação considerada importante. Dessa forma, há uma terceira pessoa envolvida, que no caso é a considerada a própria ameaça.

Por mais que o ciúme esteja sempre relacionado às sensações como: insegurança, medo, tristeza, dor, e inveja, ele ainda não deixa de ser algo natural. O problema é que, assim como tudo na nossa vida, em excesso se torna uma complicação, e aquele sentimento de apenas ciúme, passa a ser ciúme doentio ou possessivo, em que a pessoa passa a se sentir dona do outro.

O problema nas relações baseadas em ciúmes doentio e possessivos

É importante entender que relações que envolvem esses sentimentos de forma constante, não são saudáveis para nenhum dos dois lados. 

Ficar seguindo e vigiando tudo que seu parceiro faz o dia inteiro, com o constante pressentimento de que será apunhalado pelas costas a qualquer momento, é extremamente exaustivo e desgastante. Assim como, perder o controle da própria vida e das próprias vontades, estar sempre a depender da aprovação de outra pessoa também é.

Um relacionamento baseado na desconfiança não tem a menor chance de ser feliz.

“Poxa, mas como vou saber que não estou sendo traído?”

Estar em um relacionamento com alguém é correr riscos. É estar vulnerável e confiar.

Porque o ciúme se torna possessão e como resolvê-lo

Geralmente, as maiores incidências de pessoas com ciúme doentio e possessivo, também sofrem com problemas de insegurança, falta de confiança ou traumas passados, como traições.

Nesses casos, é importante que a pessoa entenda que ela está apenas reproduzindo padrões de comportamento diante de situações que se sente ameaçada.

Para colocar um ponto final nesses casos, é preciso de muito esforço para que além de aprender a confiar no parceiro, também aprenda a ouvir a consciência, e interpretar essas situações sempre como algo novo. Somente assim, você conseguirá parar de relacioná-las aos sentimentos ruins que adotou nas situações passadas, como o ciúme doentio.

Então, não deixe mais um relacionamento com um incrível potencial, chegue ao fim por suas inseguranças do passado. Busque o seu autoconhecimento e do seu passado, e se liberte dos sentimentos que não cabem mais no seu presente!

Entenda mais sobre como acabar com os ciúmes como o Mentor Emocional, Rodrigo Fonseca, Aqui!

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Você está cansado de não conseguir manter metas de longo prazo, ou então ser considerado uma pessoa explosiva? Entenda como parar de agir por impulso!

Leia Mais ►

Você sente dificuldade em realizar trabalhos em equipe? Quer entender a origem desse problema, e como superá-lo? Leia agora e descubra!

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter