Inscreva-se para receber nossa newsletter

Na imagem, há uma mulher sentada em uma mesa, com a feição de fúria. Ela está segurando um notebook em suas mãos, como se fosse batê-lo para quebrá-lo na mesa.

A definição mais simplificada e direta do que é agir por impulso, é agir sem pensar nas consequências. Ou seja, você deixa suas emoções do momento falarem mais alto do que o seu racional. Claro que, você não deve agir 100% do tempo através da razão. Até porque nem se quisesse, seria possível, já que nossas emoções existem para serem sentidas. O problema real se dá quando você perde a conexão com seu lado racional, para se entregar totalmente para o que sente no momento.

Os problemas em agir por impulso

Viver em função das emoções momentâneas, no primeiro momento, pode parecer aceitável, ou até mesmo melhor e mais prazeroso. Porém, é uma situação insustentável se considerar a longo prazo. Já que, você não consegue mais conquistar objetivos de longo prazo. Tudo o que você quer, você quer para ontem.

Imagine então, que você colocou como um objetivo, perder 5 kg. Para conquistá-lo, você planeja ir à academia durante os dias úteis da semana, e cortar as comidas mais gordurosas da alimentação. Porém, você não consegue, porque, por agir por impulso, você perde o foco diante qualquer tentação de vontade momentânea.

Outro problema é que, você se torna refém das suas emoções, e colocas as pessoas a sua volta na mesma situação. Ou seja, você reage de forma intensa a tudo o que sente, e quem está ao seu redor, sente sua reação. Dessa forma, você acaba criando um ambiente de medo para essas pessoas que sabem que você é uma pessoa explosiva.

Como a ansiedade influencia essa situação

Agir por impulso, muitas vezes é uma consequência da ansiedade. Pois, quando você tem imediatismo e se pressiona a fazer ou decidir algo, certamente, você não se dá a possibilidade de analisar os prós e contras do que está optando. No momento seguinte, você se arrepende e sente muito mal com você mesmo.

Como conter as ações impulsivas?

O primeiro passo, é você identificar se existe um padrão que te faz agir por impulso. Por exemplo, entender se é relacionado a momentos de raiva, compra, gula, ou outro.

Em seguida, é importante que você busque entender os fatores motivacionais que estão por trás desse hábito. A busca do autoconhecimento se torna fundamental nesse momento. Você precisa buscar na sua história, os acontecimentos que fizeram você desenvolver esse padrão de comportamento.

Não deixe mais as emoções dominarem a sua vida!

Leia sobre autoconhecimento Aqui!

Entenda mais sobre a relação entre o impulso e a questão financeira Aqui!

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Hoje, vamos compartilhar com você algumas dicas para economizar, e

Leia Mais ►

Hoje, em comemoração do Dia Nacional da Consciência Negra, nós

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter