© Depositphotos.com / realinemedia Uma das principais dificuldades do usuário de drogas é assumir a sua dependência, por isso é essencial que os amigos e familiares ofereçam apoio e ajuda emocional.

A dependência química é uma doença que precisa ser tratada, e os amigos e familiares do usuário têm um papel muito importante durante este processo. Um dependente químico tem muita dificuldade de assumir seu vício: a pessoa pode até ter consciência de que seus comportamentos e hábitos são prejudiciais, mas assumir que se tornou dependente é muito mais difícil.

Por esse motivo, é fundamental que os amigos e familiares ofereçam apoio e ajuda emocional. O primeiro passo para ajudar um usuário de drogas é fazer que ele se conscientize sobre seu vício e entenda que o vício é uma doença.

Por que as pessoas desenvolvem a dependência química?

Existem muitos fatores que desencadeiam este tipo de dependência, tais como: desequilíbrio emocional, necessidade de ser aceito, baixa autoestima e insegurança.

Além disso, as experiências intrauterinas têm um papel de grande importância no processo de dependência, uma vez que os estímulos recebidos durante a gestação podem ser interpretados como rejeição ou falta de amor, levando o indivíduo a ter dificuldade para cultivar o amor próprio e a autoestima.

Uma gravidez que não foi desejada ou planejada, possíveis tentativas de aborto, depressão da mãe durante a gestação ou após o nascimento da criança, maus tratos e traumas de infância são situações que podem desencadear padrões autodestrutivos na vida adulta — como o uso e vício em drogas.

Ajuda emocional para usuários de drogas

Se você convive com uma pessoa que está enfrentando um vício, é necessário aprender a controlar seu comportamento com ela. Evite perder a paciência ou brigar com a pessoa viciada, preferindo usar palavras de incentivo para ajudar na luta contra as drogas. Invista em abordagens que deixem claro que o dependente sempre terá ajuda disponível, caso queira se tratar e demostre confiança.

Inteligência Emocional no tratamento de Vícios

A maioria dos vícios ocorre pela fata de Inteligência Emocional. Sentimentos como ansiedade, solidão, raiva e carência fazem com que a pessoa sinta uma vontade inconsciente de extravasar, e as drogas acabam por suprir essas necessidades emocionais. Indique o Método LOTUS para que seu amigo possa desenvolver a Inteligência Emocional, o treinamento irá propor o entendimento dos problemas que engatilharam os vícios e desequilíbrios emocionais.

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Precisamos repensar sobre a educação que damos aos nossos filhos e também sobre nossas próprias crenças. Por isso, separamos alguns documentários e livros que abordam o conceito de masculinidade.

Leia Mais ►

Como o esgotamento psicológico não acontece da noite para o dia, precisamos prestar atenção em alguns sinais do nosso corpo e mente.

Leia Mais ►

A maior dificuldade está em reconhecer os sinais da baixa autoestima, então, confira as principais características dessa condição e algumas dicas para mudar isso!

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter