© Depositphotos.com / STYLEPICS Estar na metade do caminho entre a infância e a fase adulta gera muita ansiedade e ocasionar problemas emocionais

A adolescência é um período delicado na vida de grande parte das pessoas. Neste período de formação do ser humano existem transformações intensas: são modificações físicas, psicológicas, hormonais e cognitivas. Fora isso, o adolescente precisa lidar com diversas descobertas e a necessidade de pertencer a algum grupo social.

Estar na metade do caminho entre a infância e a fase adulta gera muita ansiedade – o jovem ainda não tem a maturidade suficiente para tomar decisões e, ao mesmo tempo, os desejos individuais surgem com mais força e isso pode gerar conflitos com os pais e desencadear outros problemas como:

  • Dificuldade com estudos
  • Crises de ansiedade
  • Traumas familiares
  • Falta de diálogo com os pais
  • Dificuldade para tomar decisões
  • Baixa autoestima
  • Insegurança
  • Depressão

Como lidar com a adolescência do seu filho?

O primeiro passo para lidar com essa fase é entender e aceitar que seu filho está crescendo, formando suas próprias ideias e opiniões. É muito comum que alguns pais criem mecanismos que geram dificuldade de entender que aquela criança que viram nascer está se desenvolvendo e caminhando para vida adulta.

Esse comportamento acaba fazendo com que os pais criem regras muito rígidas e dificultam os processos normais que os jovens precisam passar durante essa fase. É importante que os pais façam a seguinte reflexão: os limites que estão sendo colocados são para proteger os filhos ou a si mesmo?

A adolescência é um período em que o indivíduo precisa experimentar coisas novas e todo esse processo é uma fase fundamental para o seu desenvolvimento. Procure evitar e retardar mudanças inevitáveis ou dificultar situações novas como:

  • Começar a trabalhar;
  • A escolha da própria carreira
  • O início da vida sexual
  • As transformações na vida social
  • Tendências políticas e religiosas diferentes da família

Dicas de Inteligência Emocional para lidar com filhos adolescentes

  • Mantenha um diálogo horizontal
  • Tente entender os pontos de vista do seu filho
  • Quando precisar punir, explique os reais motivos para o castigo
  • Reflita se suas próprias atitudes estão de acordo com o que você cobra dos jovens
  • Faça criticas construtivas e procure sempre elogiar os acertos

Desenvolva sua Inteligência Emocional e tenha uma vida familiar mais saudável

Quando os filhos entram na adolescência, é preciso fazer algumas modificações na maneira como você lida e conversa com eles. Procure conversar sobre suas próprias experiências e estabeleça uma relação de confiança para que o jovem se sinta confortável o bastante para dividir as situações que está vivendo durante essa fase.

Lembre-se: muitas vezes, o medo de ser repreendido pode fazer com que seu filho se afaste e tente esconder suas experiências, dúvidas e medos. Desenvolver sua Inteligência Emocional é essencial para lidar com este momento e manter um ambiente familiar saudável e com mais harmonia. Conheça o Método LOTUS e mude a maneira como você lida com seus filhos e com você mesmo.

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 15% do brasileiros – 30 milhões de pessoas – sofrem com a dor. Ou seja, precisamos realmente prestar atenção nos sintomas dessa condição e nas causas emocionais que podem influenciar seu surgimento.

Leia Mais ►

Pesquisar online uma reação física qualquer é algo fácil, até automático, certo? Porém, essa “curiosidade” tem limite e quando ele é ultrapassado, surge a hipocondria.

Leia Mais ►

A interação entre fatores genéticos, ambientais e psicológicos podem levar ao desenvolvimento dessa doença silenciosa. Porém, são os fatores psicológicos e emocionais que funcionam como um gatilho para o transtorno vir à tona.

Leia Mais ►

Inscreva-se para receber nossa newsletter