Inscreva-se para receber nossa newsletter

O sentimento de tristeza pode ser facilmente confundido com o problema mais sério, que é a depressão. Pois, ambos partem do mesmo ponto: o sentimento intenso de angústia, dor e melancolia.

Como diferenciar se é tristeza ou depressão

Para conseguirmos diferir se estamos falando de tristeza ou depressão, devemos considerar três fatores importantes, que são eles: a causa, o período de duração, e a intensidade do sentimento.

Causa

Quando falamos em tristeza, estamos nos referindo a um sentimento que foi gerado como consequência de um acontecimento. Ou seja, para existir o sentimento de tristeza, é necessário um fator motivacional. Como por exemplo, um término de relacionamento, o encerramento de um ciclo, uma briga, ou qualquer outro fator relacionado.

Já, no caso da depressão, o sentimento não tem necessariamente uma causa. Ou seja, a pessoa passa a se sentir abalada e indisposta sem ter um acontecimento específico que a levou a isso.

Período de duração

O segundo fator que devemos considerar, é a duração desse sentimento. Quando falamos em tristeza, podemos nos sentir mal por conta de algo desagradável acontece conosco. Porém, é necessário ficar atento para o tempo em que esse sentimento perdura conosco. Geralmente, deve durar apenas horas, ou no máximo, dias. No caso do período persistir por mais de duas semanas, ele já passa a ser considerado como depressão.

Intensidade

Por fim, o terceiro e último fator a ser ponderado, é a intensidade do sentimento. No caso da tristeza, você até pode se sentir mal e indisposto para diversas questões. Porém, não existe uma necessidade de interrupção do seu dia a dia para que você consiga superar os sentimentos. Enquanto, para muitas pessoas, a depressão seja um fator que realmente a impede de realizar suas tarefas cotidianas mais simples. Aliás, em alguns casos mais graves, podem chegar até mesmo à dificuldade de levantar da própria cama e manter sua higiene pessoal.

É importante ter noção de que esses são apenas alguns dos pontos para ficar alerta. A depressão é responsável por causar sintomas bem mais sérios, como, por exemplo:

Cansaço excessivo;

Alteração de peso;

Distúrbios mental e comportamental;

Baixa autoestima;

Pensamentos suicidas.

Tenho depressão, o que devo fazer?

O primeiro passo, é buscar ajuda de um profissional de saúde mental de sua confiança. É importante que você siga suas orientações para superar essa dificuldade o mais rápido possível.

Além dos tratamentos sugeridos pelo profissional, existem outras alternativas para melhorar os sintomas. Como, por exemplo, desenvolver o hábito de praticar de atividades físicas, pois libera endorfina, ou então, a meditação, que auxilia no foco e a tranquilizar.

O essencial mesmo, é tirar um tempo para cuidar de você mesmo e da sua saúde mental!

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Caso você ainda não conheça o significado do termo “mindset”,

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter