Inscreva-se para receber nossa newsletter

O sentimento de tristeza pode ser facilmente confundido com o problema mais sério, que é a depressão. Pois, ambos partem do mesmo ponto: o sentimento intenso de angústia, dor e melancolia.

Como diferenciar se é tristeza ou depressão

Para conseguirmos diferir se estamos falando de tristeza ou depressão, devemos considerar três fatores importantes, que são eles: a causa, o período de duração, e a intensidade do sentimento.

Causa

Quando falamos em tristeza, estamos nos referindo a um sentimento que foi gerado como consequência de um acontecimento. Ou seja, para existir o sentimento de tristeza, é necessário um fator motivacional. Como por exemplo, um término de relacionamento, o encerramento de um ciclo, uma briga, ou qualquer outro fator relacionado.

Já, no caso da depressão, o sentimento não tem necessariamente uma causa. Ou seja, a pessoa passa a se sentir abalada e indisposta sem ter um acontecimento específico que a levou a isso.

Período de duração

O segundo fator que devemos considerar, é a duração desse sentimento. Quando falamos em tristeza, podemos nos sentir mal por conta de algo desagradável acontece conosco. Porém, é necessário ficar atento para o tempo em que esse sentimento perdura conosco. Geralmente, deve durar apenas horas, ou no máximo, dias. No caso do período persistir por mais de duas semanas, ele já passa a ser considerado como depressão.

Intensidade

Por fim, o terceiro e último fator a ser ponderado, é a intensidade do sentimento. No caso da tristeza, você até pode se sentir mal e indisposto para diversas questões. Porém, não existe uma necessidade de interrupção do seu dia a dia para que você consiga superar os sentimentos. Enquanto, para muitas pessoas, a depressão seja um fator que realmente a impede de realizar suas tarefas cotidianas mais simples. Aliás, em alguns casos mais graves, podem chegar até mesmo à dificuldade de levantar da própria cama e manter sua higiene pessoal.

É importante ter noção de que esses são apenas alguns dos pontos para ficar alerta. A depressão é responsável por causar sintomas bem mais sérios, como, por exemplo:

Cansaço excessivo;

Alteração de peso;

Distúrbios mental e comportamental;

Baixa autoestima;

Pensamentos suicidas.

Tenho depressão, o que devo fazer?

O primeiro passo, é buscar ajuda de um profissional de saúde mental de sua confiança. É importante que você siga suas orientações para superar essa dificuldade o mais rápido possível.

Além dos tratamentos sugeridos pelo profissional, existem outras alternativas para melhorar os sintomas. Como, por exemplo, desenvolver o hábito de praticar de atividades físicas, pois libera endorfina, ou então, a meditação, que auxilia no foco e a tranquilizar.

O essencial mesmo, é tirar um tempo para cuidar de você mesmo e da sua saúde mental!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Caso você ainda não conheça o significado do termo “mindset”,

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter