Inscreva-se para receber nossa newsletter

Segundo pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem mais de 45 milhões de pessoas com deficiência no Brasil, sendo que 11 milhões delas estão aptas para o trabalho. Apesar desses números, o Brasil contrata apenas 325.291 pessoas com deficiência, de acordo com dados da Relação Anual de Informações do Ministério do Trabalho (RAIS).

A falta de informação é umas das maiores causas de preconceito, além de ser o principal fator que impede a inclusão social de pessoas com deficiência. Além de cumprir a Lei de Cotas para deficientes, a contratação de pessoas com deficiência por empresas é uma questão de responsabilidade social e conscientização.

É importante que as empresas estejam atentas na inclusão, e não na integração. Ou seja, todos devem se adaptar simultaneamente: tanto a pessoa com deficiência quanto as pessoas envolvidas na sua contratação devem se adaptar à chegada do funcionário com deficiência, e não exigir que somente ele se adapte à empresa.

O papel do RH na inclusão e no desenvolvimento social

A área de Recursos Humanos (RH) é peça fundamental para preparar e buscar apoio da empresa para adotar a inclusão social, bem como mediar e facilitar a construção de vínculos entre a organização, a equipe e o colaborador com deficiência, auxiliando na compreensão das diferenças e facilitando a convivência.

Cabe ao RH humanizar e sensibilizar o grupo para acolher essas pessoas e despertar a consciência de que todos são igualmente seres humanos, com forças e fraquezas, habilidades e limitações, além da capacidade de executar determinadas tarefas com a mesma excelência que uma pessoa sem deficiência.

Os desafios mais comuns que são enfrentados pelas empresas na contratação de pessoas com deficiência são: baixo nível de escolaridade, falta de qualificação técnica, transportes inacessíveis, falta de estímulo ou superproteção da família, problemas de autoestima e preconceito dos empregadores. Por isso, é fundamental sensibilizar o gestor sobre as potencialidades das pessoas com deficiência.

Após a admissão é importante que o RH faça um monitoramento a fim de identificar dificuldades e desvios para, assim, adotar ações corretivas. É fundamental reconhecer e reforçar as características positivas, pontuar o que precisa ser melhorado e transmitir o que será esperado do funcionário em sua rotina de tarefas.

O feedback melhora o desempenho, ajuda a elevar a autoestima e a ter comportamentos futuros mais adequados. É fundamental que a convivência com pessoas com deficiência seja marcada pelo respeito às diferenças e na crença dos potenciais individuais.

Treinamento de inclusão para equipe de RH

Existem diversas empresas que oferecem treinamentos e dinâmicas em grupo com o objetivo de facilitar o processo de inclusão de pessoas com deficiência nas empresas.

Entre as questões abordadas durante esses treinamentos, destaque para a sensibilização das equipes e gestores, conscientização sobre a importância e os benefícios da diversidade, quebra de barreiras psicológicas, estreitamento das relações entre funcionários e legislação.

Vale lembrar que todos nós — empresas, gestores, famílias e seres humanos — devemos fazer nossa parte e nos unir para que a desigualdade e o preconceito não tirem a liberdade e a felicidade de pessoas com deficiência. Eles, assim como qualquer um de nós, também são pessoas que acertam e erram, possuem habilidades e limitações, e merecem se sentir aceitas, amadas e acolhidas.

Imagem: © Depositphotos.com / photography33

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Você está cansado de não conseguir manter metas de longo prazo, ou então ser considerado uma pessoa explosiva? Entenda como parar de agir por impulso!

Leia Mais ►

Você sente dificuldade em realizar trabalhos em equipe? Quer entender a origem desse problema, e como superá-lo? Leia agora e descubra!

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter