Inscreva-se para receber nossa newsletter

© Depositphotos.com / rastudio O Coping pode ser utilizado pelos pessoas para que elas se adaptem às situações adversas.

O termo Coping significa lidar adequadamente com as situações, e é utilizado para definir um tipo de programação mental voltado para a resolução de problemas e superação de momentos desafiadores, que oferecem alguma dificuldade ou que causam certo desconforto. As estratégias de Coping são usadas para que as pessoas se adaptem às situações adversas, superando as dificuldades que elas apresentam.

Um líder acumula muitas funções e desafios: ele é responsável por conduzir as pessoas de modo que elas sejam capazes de oferecer o melhor de si, além de administrar, gerir e garantir que os processos de trabalho sejam efetivos e tragam os melhores resultados para a empresa. Todas essas atribuições acabam sobrecarregando o profissional, gerando estresse emocional e ansiedade.

O processo cognitivo utilizado pelo Coping pode auxiliar o líder quanto à forma de ele lidar com as situações estressantes do cotidiano. Isso é feito por meio de reações emocionais e comportamentais que permitem reestabelecer um controle sobre a maneira de o indivíduo lidar com os diversos acontecimentos.

O que é estresse emocional?

Para Rodrigo Fonseca, fundador e presidente da Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional (SBie), o estresse é uma reação gerada por fatores internos. A prova disso é que as pessoas reagem de maneira diferente em situações idênticas:

“Quase todo mundo pega trânsito, filas e tem contas pagar, mas nem todos são estressados. Algumas pessoas precisam apenas de algumas horas de sono para recompor suas energias, enquanto outras se deixam abalar, estressando suas emoções. O estresse, portanto, é o resultado de respostas físicas e mentais causadas por estímulos externos, podendo ser visto como a relação entre o indivíduo e o meio”, explica Rodrigo.

Principais sintomas do estresse emocional

Quando o indivíduo está sobrecarregado e ameaçado, seu cérebro produz uma série de hormônios estressores — como cortisol e adrenalina —, que fazem a pressão arterial subir, contraem os músculos e deixam a respiração acelerada. Esses hormônios também estimulam a irritabilidade, a ansiedade e a insegurança.

Uma pessoa emocionalmente saudável consegue retornar ao estado normal depois de um momento de tensão. Porém, quem está em desequilíbrio com as próprias emoções acaba se adaptando cada vez mais a esse padrão negativo de comportamento, fazendo com que esse processo se torne natural. Em geral, pessoas que se encontram no estado de estresse emocional apresentam como sintomas:

  • Insatisfação com a vida de modo geral;
  • Angústia;
  • Baixa produtividade no trabalho;
  • Irritabilidade e mau humor;
  • Tristeza e cansaço excessivos;
  • Falta de concentração e memória;
  • Isolamento social.

Como acabar com estresse emocional

Para eliminar o estresse emocional, é preciso identificar quais são os fatores externos responsáveis pelos desequilíbrios internos, aceitando que nem todas as situações dependem necessariamente de você. Evite se preocupar com coisas que não podem ser mudadas e que estão relacionadas a fatores varáveis e imutáveis, como o clima ou o trânsito.

O desenvolvimento da Inteligência Emocional faz com que o indivíduo reflita sobre seu comportamento diante de situações que causam estresse e trazem sentimentos indesejados e que prejudicam seu trabalho, e suas relações. Conheça o Método LOTUS e tenha uma experiência intensa e transformadora para sua vida!

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Caso você ainda não conheça o significado do termo “mindset”,

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter