mulher fazendo sinal de não
Sempre que ignora sua vontade de dizer não, você está dizendo não para si mesmo.

Saber dosar o “sim” e o “não” faz parte do amadurecimento emocional do ser humano. Se você é uma pessoa que tem dificuldade para dizer não, saiba que existem inúmeros fatores psicológicos por trás desse comportamento que está atrapalhando sua vida e pode até prejudicar sua saúde.

Negar alguma coisa a alguém pode ser muito difícil e desagradável. É muito comum que as pessoas optem pelo sim apenas para ver o outro feliz, para evitar a discórdia e até para não ter que assumir as consequências do não. Parece confuso? Entenda melhor a seguir.

O preço de ser “bonzinho”

Toda vez que você ignora sua vontade de dizer não, você está dizendo não para si mesmo. Quem é “bonzinho demais” e aceita tudo o que os outros pedem, acaba deixando seus desejos pessoais em último lugar. Este tipo de pessoa ignora suas verdadeiras vontades e gostos, preferindo agradar os outros.

Muitas vezes, essa pessoa não consegue dar conta de tudo o que se prontificou a fazer, ficando perdidas e estressadas. De tanto dizer sim aos outros, e nunca para si, ela inevitavelmente explode, perde a linha e se cansa de todo o descaso e frustração que teve em sua vida.

Porque é tão difícil dizer não?

Durante a infância ouvimos muitas frases como: “você precisa ser bonzinho”, “se você não fizer o que estou mandando, ficará de castigo”, “se fizer o que quero, ganhará presentes”, “primeiro faça o que estou pedindo, depois o que você quer fazer”.

Dependendo da interpretação que damos a essas frases, podemos crescer com a ideia de que precisamos ser bonzinhos e fazer tudo pelos outros para sermos amados e aceitos. Com isso, algumas pessoas acreditam que serão abandonadas e rejeitadas caso não atendam às expectativas do outro. Outras vão ainda além e acreditam que dizer não é uma atitude de gente má.

Entender os fatores psicológicos que sustentam sua dificuldade de dizer não é um grande passo para se libertar. Lembre-se: por trás de todo comportamento existe um pensamento e uma crença, e muitos padrões de comportamento da vida adulta são mecanismos de proteção para algum trauma do passado.

Como aprender a dizer não

Desenvolva amor próprio e eleve sua autoestima para abandonar a necessidade de ser aceito pelos outros. Quando você se ama, torna-se cúmplice de suas escolhas e vontades, e não depende do amor e da aceitação do outro. Como consequência, você compreende que não é menos amado por dizer não, e passa a ter bom senso para dosar o sim e o não.

Um dos caminhos mais eficazes para o amadurecimento emocional é o desenvolvimento da Inteligência Emocional. Se você quer se livrar dos padrões e crenças que limitam e prejudicam sua vida, invista nas suas emoções. Conheça o Método LOTUS e comece agora mesmo a cuidar da pessoa mais importante: você!

Imagem: © Depositphotos.com / zwolafasola

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 15% do brasileiros – 30 milhões de pessoas – sofrem com a dor. Ou seja, precisamos realmente prestar atenção nos sintomas dessa condição e nas causas emocionais que podem influenciar seu surgimento.

Leia Mais ►

Pesquisar online uma reação física qualquer é algo fácil, até automático, certo? Porém, essa “curiosidade” tem limite e quando ele é ultrapassado, surge a hipocondria.

Leia Mais ►

A interação entre fatores genéticos, ambientais e psicológicos podem levar ao desenvolvimento dessa doença silenciosa. Porém, são os fatores psicológicos e emocionais que funcionam como um gatilho para o transtorno vir à tona.

Leia Mais ►

Inscreva-se para receber nossa newsletter