Inscreva-se para receber nossa newsletter

© Depositphotos.com / altanaka Todas as pessoas carregam algum tipo de trauma emocional, seja ele real ou criado por uma interpretação equivocada.

Imagine que, no momento de sua concepção, o indivíduo é como uma folha em branco. Todas as experiências vividas pelos pais durante a gestação e ao longo dos primeiros sete anos desta pessoa ficam registradas nessa folha, que pode ser chamada de subconsciente.

É a partir dessas informações que o indivíduo cria sua visão de mundo, baseia suas escolhas, enfrenta problemas e se comporta diante das diferentes situações. Cada pessoa tem informações próprias e particulares em seu subconsciente, influenciando-as de maneira positiva ou negativa.

Como surgem os traumas de infância?

Uma experiência se torna um trauma quando a pessoa sofre algum tipo de abalo emocional. A maioria das pessoas carrega algum tipo de trauma emocional, seja ele real ou interpretativo: alguns realmente estão associados a situações traumatizantes (como abandono ou maus tratos), enquanto outros são apenas interpretações equivocadas.

Um exemplo de interpretação distorcida ocorre quando a mãe sai para trabalhar e o filho sente que foi abandonado. Neste caso, a criança não tem consciência de que a mãe irá voltar em algumas horas, e apenas sente o vazio do amor materno e sensação de abandono. Isso fica registrado no subconsciente da pessoa, fazendo com que ela crie padrões para se proteger da dor ou para suprir as necessidades de amor e proteção.

Como superar os traumas emocionais

Muitas pessoas não conseguem encontrar o equilíbrio e a estabilidade emocional porque estão presas a um trauma que ainda causa dor. As histórias vividas jamais poderão ser modificadas, mas você pode dar novos significados e interpretações a esses acontecimentos, impedindo que eles prejudiquem seu futuro.

Confira como fazer isso com as dicas a seguir:

Autopercepção

Os traumas de infância estão sempre ligados a situações que causaram dor na infância. Por isso, o primeiro passo para superar traumas emocionais é resgatar as lembranças e identificar o que trazia dor, o que você gostaria que tivesse sido diferente, o que você mudaria nos seus pais e na forma como você recebeu amor.

Propósito

Por trás de toda experiência existe um propósito, e encontrar um aprendizado para cada dor é fundamental para conseguir superar um trauma. Quando você perde alguém querido, por exemplo, você pode aprender a valorizar as pessoas. O trauma emocional fez com que você se tornasse uma pessoa mais forte ou mais frágil? Você fala sobre o acontecimento como uma superação ou como uma vítima?

Desenvolva sua Inteligência Emocional

A Inteligência Emocional promove o conhecimento sobre suas emoções e história de vida. A partir dessa consciência, é possível trabalhar e ressignificar cada trauma até que a dor se dissolva.

Se você quer curar seus traumas emocionais e dar um novo sentido às histórias da sua vida, conheça o Método LOTUS — um treinamento que proporciona um profundo mergulho em suas emoções, trazendo as respostas que você sempre buscou fora de você.

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Leia gora e descubra como aliar a disciplina e a motivação para conquistar todos os seus grandes objetivos de vida!

Leia Mais ►

Você sabe como a meditação pode te auxiliar na busca pelo autoconhecimento? Leia agora e descubra!

Leia Mais ►

Existem algumas atividades altamente recomendadas para a melhora e alívio

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter