Inscreva-se para receber nossa newsletter

© Depositphotos.com / AntonioGuillemF Para lidar com o sentimento de desprezo é preciso saber se valorizar, mudar o foco e não tentar controlar o que não depende de você.

A maioria das pessoas já teve que lidar com o desprezo amoroso em algum momento da vida — seja por uma relação que terminou por iniciativa do parceiro, por conta de sentimentos que não são correspondidos, uma traição ou até mesmo por falta de interesse ou compatibilidade. Este é um momento muito difícil e doloroso, mas que pode ser superado a partir do entendimento de sua história de vida e de suas relações primárias. É necessário ressignificar possíveis interpretações e traumas que estão registrados no inconsciente, especialmente os associados à mãe.

Rodrigo Fonseca, fundador e presidente da Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional (SBie), explica que rejeição é um dos maiores temores da humanidade. Segundo ele, este medo nasce ainda na vida intrauterina: “Os sentimentos, pensamentos e emoções da mãe são transferidos para a criança ainda no útero. Isso significa que, se em algum momento o indivíduo sentiu ou interpretou que não era amado, pode carregar a crença de que não merece receber amor e levar esse padrão para seus relacionamentos da vida adulta. Essa é uma situação que costuma ocorrer em casos de gravidez não planejada, tentativas de aborto ou abandono materno”, explica Fonseca.

Como lidar com o sentimento de desprezo?

A origem das emoções humanas está nos pais e em todas as experiências vivenciadas durante a primeira infância: as pessoas são como folhas de papel em branco, e todas as experiências da gestação e dos primeiros sete anos de vida ficam registradas nesta folha, que é chamada de subconsciente. Além de entender o histórico familiar para poder identificar possíveis crenças limitantes, você pode seguir as dicas a seguir para lidar da melhor maneira com a rejeição amorosa:

Valorize-se

Faça o seguinte questionamento: é possível ser amado e valorizado por outra pessoa, sem aprender a amar e valorizar a si próprio? Pense sobre suas realizações, virtudes e características positivas e faça um esforço consciente para não esquecer de suas qualidades mesmo nos momentos de dor. Perceba que você é uma pessoa especial e que merece ser amada da mesma forma que consegue amar o outro.

Não tente controlar o que não depende de você

É impossível controlar os desejos e sentimentos das outras pessoas. Portanto, ficar remoendo e lamentando algo que não pode ser mudado é um grande desperdício de tempo e energia. Para superar a dor da rejeição, é fundamental aceitar o que não depende de você.

Mude o foco

Quando alguém está sofrendo por um amor não correspondido, é natural que seu foco esteja na pessoa amada. Porém, isso pode ser muito prejudicial e só prolongará o sofrimento. Da mesma maneira que é importante viver essa dor durante um determinado tempo, é fundamental saber a hora de seguir em frente.

Invista em ações positivas e que trarão benefícios para a sua vida, tais como: fazer um curso sobre algum tema que desperte interesse, focar na vida profissional, aprender uma nova língua ou fazer uma viagem. Atitudes como essas movimentam sua rotina, podem te distrair da dor e ajudam a aumentar a autoestima

Desenvolva sua Inteligência Emocional

Investir no desenvolvimento da sua Inteligência Emocional traz consciência sobre os padrões dos seus relacionamentos, além de revelar crenças limitantes e comportamentos que prejudicam sua vida e suas relações. Com o Método LOTUS você encontrará a força necessária para superar a dor da rejeição e irá desenvolver sua coragem para recomeçar.

 

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

A pandemia do Coronavírus (Covid-19) ocasionou vários impactos no mundo. Descobra como manter o equilíbrio emocional nesse momento!

Leia Mais ►

Nós, da Sbie, assumimos nosso papel e estamos tomando medidas internas e externas para evitar o aumento do Covid-19. Confira!

Leia Mais ►

Precisamos entender o que é e como identificar um relacionamento abusivo para não aceitarmos mais esse comportamento prejudicial. Entrevista Exclusiva!

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter