Projeto detox: quero emagrecer para as férias!

Publicado em: 21/12/2018 Por: Redação SBie

© Depositphotos.com/elenabs  Como a nossa mente interfere no processo de emagrecimento?

Emagrecer já virou uma febre mundial, mas você já reparou que quando chega dezembro, e principalmente janeiro, todo mundo entra na dieta? Depois de toda a comilança do natal, ano novo e todas as festas de confraternização, é muito comum ganhar alguns quilinhos a mais durante essa época. Se você quer emagrecer em 2019, confira as dicas deste post para manter o foco e atingir seu objetivo.

Segundo um estudo publicado pela revista científica Lancet, 1/5 dos adultos brasileiros estão obesos – e essa fração representa quase 30 milhões de pessoas. As mulheres são que mais apresentam o problema: 23% delas são obesas, enquanto entre os homens o índice é de 17%.

Em decorrência disso, as pessoas se submetem cada vez mais a diversos processos com o objetivo de emagrecer. Os principais métodos utilizados para emagrecer são dietas, prática de atividade física, realização de procedimentos estéticos e até mesmo intervenções cirúrgicas.

Embora todas essas medidas ajudem a perder, é importante que você entenda como a sua mente tem poder sobre o processo de emagrecimento.

Nossa mente e o poder que ela tem sobre o processo de emagrecimento

São variadas as ações que podem se tornar uma forma de extravasar as emoções como a culpa, carência, tristeza, raiva, ansiedade e até mesmo a alegria. Isso porque essas emoções provocam diferentes reações em cada um, e por isso geram respostas diferentes: crises nervosas, choro compulsivo, sentimento de raiva, tendência autodestruitiva, euforia e, também, comer de maneira compulsiva.

Quando não temos consciência de como nossas emoções agem em nossas vidas e quais são as reações e padrões que as sustentam, nosso inconsciente cria formas para extravasá-las.

A fome emocional é só um dos exemplo de como o corpo tenta extravasar algum desequilíbrio. Ao comer compulsivamente, a pessoa desconta suas emoções na comida, encontrando nela uma válvula de escape.

Quais são os sinais que você pode estar descontando as emoções na comida?

  • Comer mesmo quando não está com fome
  • Descontar as situações de estresse na comida
  • Comer para se sentir emocionalmente satisfeito
  • Usar a comida como recompensa

Como a inteligência emocional pode te ajudar a emagrecer?

A Inteligência Emocional é essencial para manter o foco na dieta. Você reconhece quais as barreiras emocionais que te impedem de emagrecer? Faça uma lista com os hábitos que impedem seu processo de emagrecimento e identifique quais as emoções que despertam sua vontade de comer.

Para eliminar a fome emocional, é preciso traçar novos caminhos para aliviar esses sentimentos sem a comida e encontrar alternativas práticas para acalmar seus sentimentos.

Agora que você tem consciência dos seus gatilhos e de como funciona sua relação com a comida, é hora de comprometer-se com seu desafio!

Uma dica é colocar no papel um planejamento do seu processo. Anote qual o peso que você deseja alcançar, determine qual será o prazo necessário para atingi-lo e quais as estratégias que você irá utilizar para chegar no seu peso ideal.

O processo de emagrecer leva tempo e, mesmo quando alcançamos a meta, é preciso estar sempre atento com a manutenção dos resultados. Por isso, para alcançar o sucesso, vibre energias positivas: mentalize diariamente como você irá se sentir quando atingir sua meta e comprometa-se a gastar um tempo visualizando você dessa forma.

E agora, está animado para iniciar um processo de emagrecimento aproveitando o poder da mente e se livrando de padrões emocionais que estavam impedindo a sua realização mas não sabe como?

Comece agora mesmo a desenvolver a sua Inteligência Emocional com o Lotus Inteligência Emocional, uma experiência única e imersiva que, em apenas 3 dias, te guiará através de uma profunda reflexão sobre o comportamento humano.

Translate »