Para alcançar a maturidade emocional, é necessário desenvolver a Inteligência Emocional — que é a habilidade de lidar com as próprias emoções e com o que as outras pessoas sentem.

Quando deixamos as emoções comandarem nossas vidas, nos tornamos reféns dos fatores externos que despertam as emoções. Assim, perdemos o poder sobre nós mesmos, bem como o poder de escolha. Atingir a maturidade emocional, portanto, significa ter consciência da reação que cada emoção traz para a vida e, a partir dessa consciência, escolher comportamentos que sejam menos destrutivos e mais saudáveis.

Como alcançar a maturidade emocional

Tenha consciência de suas emoções

Quando uma emoção surge, a tendência é negá-la e fugir dela, mesmo que de forma inconsciente. É importante que você reconheça quando uma emoção surge, identificando também o que desencadeou esse sentimento. A partir daí, você pode sentir como as emoções são trabalhadas dentro de você e como você pode satisfazê-las sem causar prejuízos a si mesmo ou ao próximo.

Permaneça no controle

Quando somos dominados pela raiva, tristeza ou por outras emoções, a tendência é fazer ou dizer coisas por impulso. Esse tipo de reação pode afetar as pessoas e até destruir seus sonhos. Resista aos impulsos sempre que perceber que foi dominado por uma emoção: mantenha a calma e volte a seu estado de equilíbrio antes de tomar qualquer atitude.

Conheça quem é você

Baseando-se nas suas experiências, identifique seus pontos fortes e suas fraquezas. Valorize e explore seus pontos fortes, usando-os a seu favor para se tornar ainda melhor. Em vez de se culpar por suas fraquezas, encontre alternativas para superá-las, aprendendo com seus erros e experimentando agir de maneiras diferentes.

Enfrente a dor

Muitas pessoas não se arriscam por medo do que pode acontecer. Embora seja natural evitar a dor, todas as possibilidades da vida são carregadas de dores — já que arriscar algo novo implica em se despedir de outras coisas que ficarão para trás.

Lembre-se: se você ficar apenas fugindo da dor, não terá oportunidade de experimentar as infinitas possibilidades que a vida oferece. Enfrente o medo da dor e arrisque-se.

Descubra seus medos

Muitos sonhos adormecidos não são realizados por causa do medo. É o exemplo de casais que não se amam, mas não conseguem se separar por medo da solidão. Ou, ainda, de pessoas que estão infelizes em seus empregos, mas continuam neles por medo de ficar sem dinheiro.

Descubra quais são os medos que lhe impedem de tomar decisões e fazem você desistir dos seus sonhos. Pergunte-se o que poderia acontecer se você fosse em busca dos seus sonhos e supere isso. Perceba que, se os seus sonhos são reais, nada que poderá lhe parar.

Assuma sua responsabilidade

Encontrar culpados virou um hábito do ser humano: se está sofrendo, é porque alguém está lhe fazendo sofrer; se algo não deu certo, alguém conspirou contra você; e assim por diante.

Assuma a responsabilidade por tudo o que acontece na sua vida. Perceba que, de alguma maneira, você permitiu que isso acontecesse. Você é o único responsável pelas experiências que vive.

Perdoe-se

Você pode errar infinitas vezes. Porém, enquanto se culpar e se punir, continuará cometendo os mesmos erros. Imagine que você se perde na rua: você pode pensar “como sou burro, sempre me perco” ou “errei, mas isso acontece, e tenho certeza que na próxima eu acerto”. Percebe a diferença?

O que você pensa é o que fica gravado a seu respeito. A partir do momento que se perdoa, você abre espaço para aprender com seus erros e encontrar alternativas para não repeti-los. Perceba os erros que não quer mais cometer, perdoe-se, aprenda e esteja disposto a mudar.

Seja resiliente

Crises, traumas, perdas, rupturas, transformações e desafios fazem parte da vida. Nesse sentido, é importante ser resiliente para superar cada experiência que chega até você. Quando você resiste a uma mudança, fica preso a coisas que não fazem mais parte da sua vida, impedindo que o novo aconteça. Aprender com cada experiência é importante para entender e viver o ciclo da vida.

Seja flexível

Algumas pessoas se perguntam porque algumas experiências repetem-se inúmeras vezes, em diversas áreas de suas vidas. Certamente, essas pessoas passam suas vidas inteiras carregando as mesmas crenças, como se fossem verdades absolutas.

Reflita sobre suas crenças e procure entender se elas ainda são úteis hoje para você alcançar sua felicidade. Seja flexível a novas ideias, novas maneiras de pensar e enxergar as coisas. Aceite que algumas vezes é preciso dar o braço a torcer e mudar.

Seja criativo

Pessoas que fazem as mesmas coisas sempre obterão os mesmos resultados. Se você já tentou atingir algum objetivo por um meio que não deu certo, procure maneiras não convencionais para isso. Aplique a criatividade em formas práticas e pense além. Se o que parece ideal não está funcionando, ouse fazer aquilo que parece menos provável.

Método LOTUS

Lidar com as emoções não é uma tarefa que aprendemos na escola, na faculdade ou em qualquer outro lugar. Isso explica porque as pessoas estão cada vez mais estressadas, infelizes e doentes.

No Método LOTUS você descobre como alcançar a maturidade emocional na prática. São dois dias de imersão que proporcionam um mergulho interior capaz de transformar a forma de viver as suas emoções e a sua vida.

Imagem: iStock.com / stevanovicigor

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

20 frases de incentivo para você fazer parte do Outubro Rosa! Confira!

Leia Mais ►

Saber reconhecer as emoções e como elas influenciam suas ações é fundamental para ter mais qualidade de vida e equilíbrio.

Leia Mais ►

Confira essa entrevista exclusiva para compreender um pouco mais sobre a doença que hoje, é considerada a “doença do século”.

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter