Inscreva-se para receber nossa newsletter

[Disse o Gato para Alice: “Se você não sabe para onde quer ir, qualquer caminho serve” — trecho da obra Alice no país das maravilhas, de Lewis Carrol]

Diante da infinidade de possibilidades que o mundo apresenta, saber para onde você quer ir é fundamental para chegar a algum lugar. Apenas no mundo corporativo são centenas de profissões, áreas, cargos e níveis. Por isso, se você não estabelecer suas metas e sonhos, há um grande risco de se perder e viver baseado nas condições que o mundo oferece — e não de acordo com suas decisões e convicções.

Nesse sentido, uma das ferramentas mais eficazes para dar um direcionamento na sua vida profissional é o Plano de Carreira.

O que é um Plano de Carreira?

O Plano de Carreira é um guia que reúne metas, objetivos e etapas, servindo como direcionamento e planejamento para o crescimento profissional de uma pessoa — é como uma rota que precisa ser traçada para chegar a um destino.

Antes de qualquer coisa, o Plano de Carreira é uma forma de alinhar as expectativas e necessidades entre empresas e funcionários. Quanto mais alinhados estiverem, mais profunda e verdadeira será a troca (mais esforços a empresa investirá para satisfazer seu funcionário, e mais ele fará para atender as expectativas da empresa).

Muito mais do que uma ferramenta voltada para a saúde profissional, a construção de um Plano de Carreira exige autoconhecimento e bom senso. Trata-se de uma medida fundamental para o sucesso profissional, independentemente se você já está no caminho certo ou deseja mudar de área.

Como elaborar um plano de carreira?

Existem três etapas básicas para planejar sua carreira: identificar onde você se encontra atualmente, onde quer chegar e quais as estratégias e passos necessários para atingir seus objetivos.

1- Onde me encontro atualmente?

Nessa etapa você deve identificar seu momento atual: remuneração, cargo, competências, dificuldades, o papel que ocupa, o ambiente em que trabalha. Lembre-se de fazer esse levantamento sem julgamento, sem arrependimentos e sem procurar um culpado ou uma solução. A ideia aqui é apenas pontuar onde você se encontra.

2- Onde quero chegar?

Essa é a etapa que mais exige autoconhecimento. Isso porque você só poderá formular objetivos reais, baseados em quem você é de verdade, se levar em consideração seu histórico de vida e quem você se tornou. Para lhe ajudar nessa etapa, responda as perguntas abaixo:

O que eu gosto de fazer? (Gosto de trabalhar com pessoas? Gosto de planilhas e cálculos? Gosto de me relacionar, de liderar, de falar em público? Gosto de planejar?)

Quais são meus principais talentos e dificuldades? (Se colocarmos um grande comunicador para trabalhar atrás de um computador preenchendo planilhas, certamente estaremos anulando seu principal talento: falar com pessoas. Da mesma forma que, se colocarmos uma pessoa tímida e racional na área de vendas, dificilmente ela se sairá bem. Por isso, identificar seus talentos e dificuldades é importante para você estar onde deve estar.)

Quais são meus valores? (Não faz sentido trabalhar em uma empresa onde não possa expressar suas ideias, se uma das suas principais habilidades é a criatividade. Ou então trabalhar com pessoas que passam por cima das outras, se você valoriza a honestidade. Isso seria como trabalhar em um frigorífico sendo vegetariano.)

O que me faz feliz e é mais importante? (Se estar com sua família aos finais de semana tem uma grande importância na sua vida, você não deve trabalhar com eventos. Identificar o que realmente importa e confrontar com as suas escolhas é muito importante para não se frustrar.)

Onde quero chegar? (Faça uma linha do tempo começando onde você está agora até onde quer chegar, e coloque nela todas as etapas e passos necessários para chegar até lá. Lembre-se de colocar metas atingíveis e que estejam de acordo com tudo o que você identificou acima.)

Quais estratégias e passos para atingir meu objetivo?

Este é o momento de olhar mais racionalmente para o seu Plano de Carreira. Pegue sua linha do tempo e escreva em detalhes todos os passos que você precisa dar para evoluir até a próxima posição, um a um. Aqui entram cursos de especialização, escolhas, renúncias e todo o esforço que precisará dedicar para chegar onde quer.

Lembre-se de contar com imprevistos e criar estratégias para contorná-los, e tenha o cuidado de agradecer por cada vitória alcançada – a gratidão é o combustível que nos leva adiante.

Por fim, apresente seu plano às pessoas que fazem parte dele: seu chefe, o RH da empresa, sua esposa, seu marido, seus filhos, seus sócios. É importante que as pessoas envolvidas estejam empenhadas como você, pois nada existe sozinho.

Reavalie seu planejamento pelo menos uma vez por ano. A vida é inconstante e, justamente por isso, sonhos e objetivos podem ser alcançados ou readequados. Acompanhe essas mudanças com amor e compreensão.

© Depositphotos.com / alphaspirit

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

A pandemia do Coronavírus (Covid-19) ocasionou vários impactos no mundo. Descobra como manter o equilíbrio emocional nesse momento!

Leia Mais ►

Nós, da Sbie, assumimos nosso papel e estamos tomando medidas internas e externas para evitar o aumento do Covid-19. Confira!

Leia Mais ►

Precisamos entender o que é e como identificar um relacionamento abusivo para não aceitarmos mais esse comportamento prejudicial. Entrevista Exclusiva!

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter