Inscreva-se para receber nossa newsletter

Você já parou para pensar por que algumas pessoas são bem-sucedidas e outras não? Ou por que algumas pessoas são felizes na área afetiva, enquanto outras são infelizes? Qual a diferença entre essas pessoas? Qual o segredo? A diferença entre pessoas comuns para aquelas que consideramos “pessoas de sorte” está nas decisões que elas tomam, e o quanto elas são persistentes nessas decisões.

Tudo o que acontece em sua vida começa com uma decisão. As decisões que você tomou há 10 anos moldaram suas ações e fizeram o que você é hoje. Perceba como essas decisões interferem no que você vive hoje.

Como tomar decisões assertivas

Tomar uma decisão significa se comprometer em atingir um resultado e eliminar qualquer outra possibilidade. Nenhum desafio, problema ou obstáculo pode lhe parar quando você está decidido.

O passo principal é saber aonde você quer chegar e decidir que nada vai lhe impedir. Isso porque, ao decidir mudar e definir seus objetivos, a vida abrirá meios para isso.

O poder de decisão está nas mãos de cada pessoa. Ainda assim, existem centenas de pessoas que estão infelizes em seus empregos e continuam neles por medo de ficar sem dinheiro. Outro exemplo comum são casais que não se amam, mas não conseguem se separar por medo de ficarem sozinhos. Essas pessoas estão sendo influenciadas pelo meio em que vivem e pelas condições oferecidas, e não por suas decisões.

Medo do desconhecido e zona de conforto

Muitas pessoas não se arriscam por medo do que pode acontecer. É natural querer evitar a dor, mas todas as possibilidades que aparecem ao longo da vida vidas são carregadas de dores — porque sempre que decidimos nos arriscar em algo novo, temos que nos despedir de algumas coisas antes de receber outras.

Esse processo pode ser doloroso. Entretanto, se você passar todo o tempo apenas fugindo da dor, não terá oportunidade de experimentar as infinitas possibilidades que a vida oferece e não terá a oportunidade de decidir por algo mais proveitoso.

É como se estivéssemos atrás de um muro e ficássemos eternamente escondidos ali porque do outro lado está a dor. Esse espaço é chamado Zona de Conforto, um local seguro e que limita a vida das pessoas, que acabam estagnados e esquecem seus maiores sonhos.

Como vencer seus medos treinando suas emoções

É necessário enfrentar o medo da dor para sentir mais segurança e tomar as decisões fundamentais da vida, arriscando mais. Imagine a dor em sua maior proporção e sinta o que isso lhe causa. Em vez de evitá-la, arrisque-se. Você perceberá que o seu medo é muito maior do que a própria dor.

Descubra quais são os medos que lhe impedem de tomar decisões e fazem você desistir dos seus sonhos. Pergunte-se o que de pior poderia acontecer se você se arriscasse. A partir daí, comece a viver novas possibilidades.

Se você quer acessar todos os recursos para vencer os seus medos e tomar decisões assertivas, conheça o Método LOTUS, que irá trazer toda a coragem que você precisa para sair da sua zona de conforto e ser mais feliz.

Imagem: iStock.com / dima_sidelnikov

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Caso você ainda não conheça o significado do termo “mindset”,

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter