Estresse organizacional: o que é, quais os sintomas e causas mais comuns no trabalho?

Publicado em: 21/08/2017 Por: Equipe SBie

© Depositphotos.com / threecvet.gmail.com O estresse organizacional é desenvolvido dentro do ambiente corporativo, devido a correria, dificuldades e os problemas de relacionamento com colegas, clientes e superiores.

Vivemos em um momento de incertezas na economia, e as empresas estão em uma constante busca por diferenciais que garantam boas oportunidades de negócio. Nesse cenário de crise, os profissionais vivenciam um período marcado por inovações e pela alta velocidade de comunicação, fatores que favorecem o desenvolvimento de uma carga extra de estresse entre os colaboradores.

O ambiente corporativo é composto por diversas demandas, prazos apertados, metas, reuniões e inúmeras decisões que precisam ser tomadas. Todos esses desafios podem fazer com que os profissionais apresentam cada vez mais ansiedade, cansaço, insegurança e estresse no trabalho.

Dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) apontam que, entre o 2000 e 2011, o estresse foi uma das três principais causas de afastamento do trabalho no País. De acordo com o órgão, e estimativa é de que até 2020 o estresse esteja no primeiro lugar entre os causadores de afastamento de funcionários.

O que é estresse organizacional?

O estresse organizacional é um problema relacionado à dificuldade para lidar com todas as exigências do ambiente corporativo — o que envolve as demandas excessivas, os prazos apertados, as dificuldades com a rotina na empresa e a tensão nas relações com colegas, clientes e superiores.

O problema, que afeta muitos trabalhadores em todo o mundo, pode trazer variadas consequências para a saúde física e emocional de profissionais. A classe médica diz que o estresse pode ser responsável pelo desenvolvimento diversas patologias, tais como:

  • Ansiedade;
  • Insegurança;
  • Distúrbios do sono;
  • Isolamento social;
  • Problemas cardiovasculares;
  • Depressão;
  • Enxaqueca;
  • Problemas estomacais.

Quando o indivíduo está estressado, a produção de cortisol no seu organismo aumenta muito mais do que o necessário, causando diversos distúrbios. Apesar de este ser um hormônio fundamental para os seres humanos — que funciona como um mecanismo de defesa e garante que o organismo produza a adrenalina necessária para se manter motivado e revigorado —, é preciso encontrar um equilíbrio para que o sistema imunológico não fique enfraquecido, deixando o profissional sujeito a doenças e transtornos psicológicos.

Dicas de Inteligência Emocional para lidar com o estresse organizacional

Evite levar trabalho para casa

Levar trabalho para casa e deixar para resolver pendências durante a noite ou no final de semana é um hábito que impede o descanso do profissional e aumenta consideravelmente seu nível de estresse. Tenha em mente que sua casa precisa ser um local de descanso: quando estiver no ambiente doméstico, dedique-se ao relacionamento com os familiares e a atividades que proporcionem prazer.

Valorize as pausas durante o expediente

Para render da maneira necessária, os profissionais precisam aprender a valorizar seu horário de almoço e as pausas ao longo do dia. Esses momentos são muito importantes para descansar a cabeça e interagir com as pessoas.

Aprenda a dizer não

Um bom profissional sabe o momento de dizer não e reconhecer quando não tem condições de assumir uma nova demanda ou projeto. Trata-se de uma atitude responsável consigo mesmo e com a empresa. Portanto, não tenha medo de dizer não ou delegar tarefas e tenha sempre em mente que quantidade não significa qualidade: vale mais um trabalho bem feito do que entregar vários projetos que deixam a desejar.

Desenvolva sua Inteligência Emocional

Para administrar todos os desafios da carreira de maneira saudável e evitar doenças, é fundamental desenvolver sua Inteligência Emocional. Dessa forma, é possível encontrar ferramentas importantes que para melhorar sua saúde no trabalho, alavancar sua carreira e deixar suas relações profissionais mais harmoniosas e produtivas.

 

Translate »