© Depositphotos.com / anusorn_chan.hotmail.com Uma pessoa passiva é levada pelas circunstâncias da vida, enquanto uma ativa não deixa sua vida ser afetada por fatores externos.

Você costuma fazer suas escolhas ou deixa a vida te levar? Cada pessoa tem uma forma de agir: enquanto algumas vivem esperando as coisas acontecerem, outras vão em busca das oportunidades. Cada tipo de perfil tem vantagens e desvantagens, e encontrar um meio termo entre passividade e atividade é a melhor maneira de alcançar o equilíbrio.

O que é uma pessoa passiva?

Pessoas passivas são pessoas influenciadas pelas circunstâncias da vida, pelas outras pessoas, pela economia, pela política e pelos fatores externos. Por outro lado, são pessoas que vivem com mais leveza, pois são menos ansiosas e preocupadas. As principais características de uma pessoa passiva são:

  • Dificuldade para tomar decisões;
  • Tendência a deixar as coisas para a última hora;
  • Hábito de procrastinar;
  • Executam pouco;
  • Dificuldade para assumir responsabilidades;
  • Dificuldade para lidar com críticas e com o lado negativo das situações;
  • Estão habituados com a zona de conforto;
  • Têm medo de se arriscar e perdem diversas oportunidades;
  • Dificuldade para lidar com desafios e pressão;
  • Não têm um projeto de vida definido;
  • Tendência a desenvolver alguma dependência emocional.

O que é uma pessoa ativa?

Pessoas ativas não deixam que as circunstâncias externas interfiram em seus planos e decisões. São pessoas tão persistentes que, frequentemente, se tornam teimosas e apegadas. Suas principais características são:

  • Mudam de opinião com frequência e tomam decisões precipitadas;
  • Fazem muitas coisas ao mesmo tempo;
  • Falta de planejamento;
  • Tendência a assumir mais responsabilidades do que podem suportar;
  • Impulsividade e ansiedade constantes;
  • Perfeccionismo;
  • Não se sentem satisfeitos com nada;
  • São movidos por desafios;
  • Têm um projeto de vida definido e rígido;
  • Podem se tornar autossuficientes, afastando as pessoas ao seu redor.

O que é uma pessoa relativa?

A pessoa relativa é a uma mistura do perfil ativo e passivo. Trata-se de um indivíduo flexível e que sabe avaliar o contexto antes de tomar uma decisão ou partir para a ação. Entre suas principais características, podemos destacar:

  • Sabem o momento de planejar e executar;
  • Avaliam ganhos e perdas antes de tomar uma decisão que envolva mudança;
  • Sabem priorizar as atividades e necessidades;
  • Sabem o momento adequado de dizer sim e não, sem se anular ou sentir culpa;
  • Sabem impor limites às pessoas, não assumindo responsabilidades que não são suas apenas para agradar os outros;
  • Reconhecem e usam seus potenciais de forma assertiva;
  • Sabem lidar com suas limitações sem se cobrar em excesso;
  • Avaliam cada situação separadamente para decidir a melhor atitude a ser tomada;
  • Têm um projeto de vida definido e flexível.
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Além das redes-sociais: o Setembro Amarelo deve ser todos os dias

Devemos levar a iniciativa do Setembro Amarelo para todos os dias da nossa vida e as atitudes nas redes-sociais para a vida real.

Leia Mais ►

É preciso entender que entre a timidez e a fobia social, há uma grande diferença. Conheça os principais sintomas desse transtorno.

Leia Mais ►

Precisamos realmente prestar atenção em nossas emoções e em nosso corpo: segundo a OMS, 15% do brasileiros sofrem de enxaqueca.

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter