Compulsão: você tem alguma?

Publicado em: 08/09/2018 Por: Redação SBie

© Depositphotos. com /jesadaphorn Coisas que geram compulsões acabam diminuindo o valor das coisas simples e tornam os dias difíceise sufocantes.

Açúcar refinado, álcool, drogas sintéticas, redes sociais, compras, com tantos estímulos o nosso sistema dopaminérgico passa a desconsiderar os pequenos prazeres do cotidiano como uma caminhada no parque, um dia produtivo no escritório ou o prazer em comer uma refeição simples, leve e saudável.

Coisas que geram compulsões acabam diminuindo o valor das coisas simples e tornam os dias difíceis e sufocantes, o que acaba aumentando ainda mais a compulsão.

Inteligência emocional ajudando na compulsão

As compulsões são classificadas como o quarto diagnóstico psiquiátrico mais frequente na população mundial. Elas são caracterizadas por hábitos específicos que se repetem mesmo quando são inconvenientes ou trazem graves prejuízos à saúde ou a vida familiar e social.

Um exemplo disso é que para muitas pessoas, a comida é muito mais do que uma fonte de nutrição. torna-se um vício, talvez pior que uma droga, porque, além de ser muito mais acessível, a comida é algo vital, já precisamos dela para nutrir o corpo.

O prazer em comer pode funcionar como uma forma de suprir um vazio emocional e de uma maneira inconsciente, algumas pessoas podem associar a comida ao amor.

Existem outros tipos de compulsão

Fora a compulsão alimentar, existem outras compulsões como o vício por trabalho (conhecidos como os workaholic), o transtorno compulsivo por compras, por atividades físicas, por jogos, por álcool. E tantas outras que compõem uma lista enorme de transtornos.

Pessoas compulsivas costumam sentir um alívio imediato no momento que cedem à compulsão e logo após sentem-se culpados e envergonhados.

A Inteligência Emocional pode ajudar e o primeiro passo é desenvolver a autopercepção. Perceba em quais momentos você se descontrola e descubra qual o gatilho emocional que está relacionado a este descontrole. Dessa forma, você abre possibilidade para criar maneiras mais saudáveis para suprir as necessidades emocionar que te levam à compulsão.

Inclua atividades saudáveis

Outra estratégia é incluir atividades saudáveis em seu dia a dia como praticar algum esporte que lhe dê prazer, estudar algo que lhe desperte seu interesse e encontrar mais seus amigos, familiares e pessoas queridas.

Aprenda a lidar com suas emoções

Por último quando você aprende a lidar com as suas emoções e direciona cada uma delas de maneira mais consciente e saudável, passa a não descontar o desequilíbrio emocional em nenhum tipo de compulsão. É preciso entender suas emoções e encontrar alternativas para aliviar a pressão interna. Assim, suas emoções vão passar a atuar como aliadas e não como sabotadoras.

A inteligência emocional é uma excelente aliada para quem quer vencer qualquer tipo de descontrole, esta habilidade treina suas emoções e a forma como elas afetam sua vida.

Translate »