Inscreva-se para receber nossa newsletter

Entenda como a Inteligência Emocional pode te ajudar durante o isolamento social
Cada emoção é necessária para que possamos coexistir em harmonia com o mundo exterior. E em situações de crise, é essencial compreender cada uma delas.


É nos momentos mais vulneráveis que encontramos a nossa força interior e é também nesses momentos que as nossas emoções ficam mais intensas.

A realidade que estamos vivendo atualmente se encaixa nessa perspectiva. Entretanto, ficar em isolamento social por mais de 50 dias e ainda enfrentar uma pandemia de impacto global ao mesmo tempo… Essa é uma experiência inédita no Brasil.

Mais do que nunca, a Inteligência Emocional se torna uma habilidade essencial para compreendermos os diversos estágios emocionais que enfrentamos durante o dia.

Um estudo realizado pela Universidade do Estado do Rio (Uerj) e publicado online pela revista científica The Lancet, constatou que casos de ansiedade e estresse dobraram na quarentena, enquanto os de depressão tiveram um aumento de 90%.

Esse cenário já se repetiu anteriormente em situações de isolamento social, como em 2002 na epidemia de SARS e em 2014 durante o surto de Ebola. É o que aponta uma revisão de pesquisas publicada pela mesma revista.

Fica visível que em situações de crise sentimos um turbilhão de emoções, como frustração, tristeza, ansiedade, preocupação e por aí vai. O que temos de diferente hoje é a notoriedade que a Inteligência Emocional conquistou nas diversas áreas da vida do ser humano.

Então, como podemos nos beneficiar com a compreensão das nossas emoções, história de vida e comportamentos neste período de isolamento social?


Preste atenção no seu corpo e mente

Nossas emoções influenciam diretamente nosso corpo: o batimento cardíaco aumenta, as mãos soam, sentimos cansaço, enxaqueca e outros efeitos físicos. Então, quando uma emoção se tornar latente, repare em como o seu corpo reage e quais foram os gatilhos externos ou internos que fizeram ela surgir.

Esse é o momento de prestar atenção no seu interior, praticar a autoconsciência. Investigue a si mesmo e compreenda cada vez mais esse mundo interno que somente você pode explorar.


Veja mais: “COVID-19: O que fazer para evitar o aumento da depressão e ansiedade na quarentena?”


Pratique a adaptação

Lembre-se que essa situação é temporária, que ela vai passar. Tenha em mente que esse é um momento de adaptação e que você não terá padrões perfeitos e ideais no seu dia a dia. Você vai ter que sair da sua zona de conforto, lidar com novos conflitos, assumir responsabilidades diferentes e ter uma nova rotina.

A capacidade de se adaptar em momentos de rápidas mudanças é necessária para toda a sua vida e em diversos âmbitos, como, por exemplo, em sua carreira profissional.


Trabalhe o autocontrole

Medo, angústia, pensamentos negativos, ansiedade… isso pode levar a uma série de atitudes impulsivas, como compras, alimentação e outros vícios. Por isso, neste momento, trabalhe o seu autocontrole.

Perceba as emoções que você sente e tente evitar que elas se intensifiquem, tomando conta de toda a sua mente e comportamentos. Preste atenção nos estímulos: você está lendo notícias sobre o CoronaVírus sem parar? Você só fala sobre isso?

Ao trabalhar o seu autoconhecimento, a percepção das suas emoções, fica mais fácil identificar o que pode estar alimentando comportamentos prejudiciais no seu dia a dia e, assim, modificá-los.

Não adianta fazer o processo reverso: buscar o equilíbrio inserindo novos hábitos na sua rotina sem conhecer a si mesmo primeiro.


Neste vídeo, Rodrigo responde algumas perguntas sobre como a Inteligência Emocional pode ajudar nos momentos de crise. Confira!


Reveja as suas prioridades

Pensar no futuro é algo muito bom para sonhar, ter metas e objetivos que queremos conquistar, dando uma razão para levantarmos de manhã. Mas, é importante perceber que quando a ansiedade aparece, a mente começa a antecipar o futuro com previsões que quase nunca são boas.

Então, neste momento onde o futuro ainda é incerto e a cada dia lidamos com novas informações, descobertas e acontecimentos, tente focar no momento presente. O que é importante para você agora? É sentir-se bem emocionalmente? Ter uma rede de apoio com seus amigos e familiares? Cuidar da sua saúde? Passar mais tempo com a sua família? Investir em cursos e novos conhecimentos?

Esse é um momento para colocar a sua atenção no agora e rever as suas prioridades. Aquilo que realmente vai te ajudar a enfrentar esse período da melhor forma possível.


Veja mais: “Afinal, o que é Inteligência Emocional?”


Cada emoção é necessária para que possamos coexistir em harmonia com o mundo exterior. Buscar compreender e entender o significado que cada uma delas tem na sua vida vai te ajudar a encarar as situações mais adversas, vivendo em equilíbrio consigo mesmo e com o mundo.

E o equilíbrio não é sinônimo de perfeição, pelo contrário, é maturidade para lidar com o imperfeito.

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Hoje, vamos compartilhar com você algumas dicas para economizar, e

Leia Mais ►

Hoje, em comemoração do Dia Nacional da Consciência Negra, nós

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter