Inscreva-se para receber nossa newsletter

Competências profissionais essenciais no cenário pós-coronavírus soft skills
Após a crise da pandemia do coronavírus, quais habilidades um profissional precisa ter para estar preparado? A resposta está nas suas emoções.


Se adaptação é a palavra que representa as últimas semanas, depois da pandemia do coronavírus (Covid-19) o que definirá o sucesso de empresas, profissionais e o mercado como um todo será a capacidade de se reinventar.

Muitos profissionais sentem medo quando ouvem essa palavra e acabam se autossabotando, acreditando que tudo voltará ao que era antes. Porém, é preciso se preparar desde já para o cenário que está por vir porque ele será diferente.

Então, quais habilidades você precisa aperfeiçoar para ser um profissional preparado para o cenário pós-coronavírus? A resposta está nas suas emoções. Isso mesmo, as soft skills!


O que são soft skills?

São habilidades comportamentais, onde a capacidade da pessoa em sentir, controlar e responder de forma assertiva às suas emoções é essencial para o desenvolvimento dessas competências.

Por exemplo, se o profissional não se comunica bem, não consegue trabalhar em equipe e gerenciar conflitos, provavelmente ele conhece muito pouco sobre si mesmo e suas emoções o controlam o tempo todo.

Uma pesquisa realizada com os CEOs da Fortune 500, mostrou que 75% do sucesso no trabalho a longo prazo depende crucialmente das habilidades comportamentais e apenas 25% do conhecimento técnico.

Ou seja, em um cenário onde a tecnologia cresce a cada dia e situações de crise global acontecem de uma hora para outra, quem estiver com suas soft skills aperfeiçoadas será um profissional decisivo em qualquer empresa.


Rodrigo Fonseca, presidente da Sbie, explica como ter controle emocional no ambiente de trabalho. Confira!


Quais habilidades comportamentais preciso desenvolver para o cenário pós-coronavírus?

Em momentos de incertezas, pressão e instabilidade, algumas habilidades comportamentais são essenciais para garantir resultados positivos durante e depois da crise.

Quando a pandemia do coronarívus passar você pode estar na mesma organização ou mudar de segmento, cargo e país. Independente disso, as competências abaixo continuaram sendo decisivas. Confira:


Comunicação

Essa competência é muito importante, pois é ela que define o sucesso de uma negociação, liderança e trabalho em equipe. Saber se comunicar de forma eficaz e não violenta vai além do idioma: é preciso ouvir atentamente e entender o que o outro diz, escrever bem e saber agir em diferentes situações. Interpretar ideias e comunicar isso para pessoas diferentes definirá o seu poder de persuasão.


Tomadas de decisão

Muitas vezes é preciso tomar grandes decisões em período de uma hora ou menos… e o impacto pode ser positivo ou negativo. Essa habilidade ajuda a escolher, assumir e gerenciar os riscos que podem acontecer, assim como os ganhos. Em um cenário dinâmico e em constante mudança, isso é essencial.


Veja mais: “Coronavírus e o Medo: como manter o equilíbrio emocional neste momento?


Resiliência

Essa é a soft skill mais importante em momentos de crise. Uma pessoa resiliente sabe lidar com diversos problemas sem se desesperar, possui facilidade para se adaptar a mudanças e não deixa a pressão controlar a situação. Essa habilidade exige maturidade, autoconhecimento e prática, pois o maior inimigo da resiliência acaba sendo nossos próprios pensamentos.


Empatia

O mundo corporativo é construído por hierarquias e se colocar no lugar do outro torna a gestão mais humana, além de ajudar no relacionamento entre a própria equipe. A empatia também auxilia no relacionamento da empresa com os próprios clientes, conseguindo identificar a real necessidade deles.


Pensamento crítico

Em um cenário de crise se destaca quem consegue pensar em alternativas diferentes para alcançar resultados positivos e somente com uma visão crítica isso é possível. Logo, criatividade e pensamento crítico caminham juntos: ao desenvolver uma habilidade a outra também é aperfeiçoada. No mundo corporativo, elaborar soluções de forma rápida e inovadora é o que diferencia uma empresa da outra.


Veja mais: “A importância da Inteligência Emocional na sua vida profissional


Inteligência Emocional rege todas as soft skills

Inteligência Emocional é a capacidade de administrar as próprias emoções e usá-las a seu favor, além de compreender as emoções das outras pessoas.

Quem tem Inteligência Emocional sabe pensar, sentir e agir de forma inteligente e consciente, sem deixar que as emoções controlem sua vida.

Toda habilidade comportamental se baseia nas nossas emoções e quando temos consciência delas, conseguimos desenvolver rapidamente nossas soft skills. Você pode começar esse processo agora!



Gostou do artigo? Então, deixe o seu comentário e compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais, com sua família e amigos!

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

A alergia emocional é desencadeada por fatores psicológicos e emocionais que afetam o sistema imunológico.

Leia Mais ►

Autorresponsabilidade é a capacidade de assumir a responsabilidade por todas as coisas que acontecem em nossa vida.

Leia Mais ►

Um cargo de liderança não faz de ninguém um líder. A verdadeira Liderança vem de dentro e com ela, algumas características emocionais extremamente importantes.

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter