Como dar um feedback negativo de entrevista

Publicado em: 18/02/2016 Por: Equipe SBie
mulher chorando em sala de RH

Em um processo seletivo, o número de respostas negativas é sempre maior do que o de respostas positivas, pois normalmente existem muito mais candidatos do que vagas disponíveis. Um dos maiores incômodos para quem participa de entrevista de emprego é a falta de feedback, o que pode causar dúvidas e prejudicar o crescimento profissional do candidato.

Dizer um “não” nem sempre é fácil, e quem pode confirmar essa afirmação são os profissionais da área de RH — geralmente os responsáveis por dar os feedbacks, positivos ou negativos. Todos eles sabem que, para quem está ouvindo o “não”, é um momento delicado, que envolve decepção e questões emocionais que podem influenciar negativamente a vida do candidato.

Existem diversos fatores que fazem com que o candidato não passe na entrevista de emprego, por exemplo: não preencher os requisitos da vaga, não ter ido bem nas provas e/ou entrevistas ou ter demonstrado insegurança e desequilíbrio emocional ou comportamental.

Independentemente das razões que tenham impedido um resultado positivo, saber dar um feedback negativo é fundamental para estimular a pessoa a continuar seu processo de busca de forma tranquila e confiante. Pensando nisso, separamos algumas dicas para os profissionais responsáveis por essa tarefa tão difícil, mas que pode ser motivadora quando realizada com sabedoria.

Dicas para dar um feedback negativo de processo seletivo

Tenha cuidado e cautela

Lembre-se que você está lidando com um ser humano que, como qualquer pessoa, tem uma história de vida, com dores, dificuldades, erros e acertos. O emprego que ele está buscando certamente envolve suprir as necessidades básicas de sua família, a realização dos seus sonhos e o cumprimento de sua missão. Por isso, seja cuidadoso e cauteloso na forma de falar.

Sinceridade

Não tente “enrolar” o candidato com razões que não são reais, e não omita informações para amenizar o impacto negativo. Fale claramente sobre os requisitos da vaga, os critérios da seleção, a desenvoltura nas provas e entrevistas. Lembre-se de dizer que o perfil não correspondeu à vaga especifica, mas que ele sem dúvidas pode se encaixar em alguma outra vaga, ou em uma vaga futura.

Motivação

Comece o feedback com uma avaliação geral e positiva. Fale sobre os potenciais e habilidades que identificou no candidato e reforce todos os pontos positivos que percebeu, incentivando que ele explore ainda mais seus talentos. Se fizer alguma crítica, faça de forma construtiva e que mostre um caminho prático para melhoria. É importante que a crítica sempre venha acompanhada de uma sugestão.

Se você quer desenvolver sua capacidade de se relacionar positivamente com as pessoas, se comunicando de forma assertiva e persuasiva, desenvolva sua Inteligência Emocional e aprenda a lidar com as emoções — justamente a ponte que liga as pessoas. Ter conhecimento emocional é fundamental para se relacionar de forma saudável e construtiva.

Imagem: © Depositphotos.com / grinvalds

Translate »