Trump: conheça o perfil emocional do presidente dos EUA

Publicado em: 16/01/2018 Por: Redação SBie

© Depositphotos.com / actionsports A necessidade em chamar a atenção de Donald Trump pode esconder feridas emocionais

O ano de 2018 começou com mais uma polêmica envolvendo o Presidente dos EUA. O lançamento do livro de Michael Wolf, “Fire and Fury: Inside the Trump White House” – Fogo e Fúria: Dentro da casa Branca -, já é considerado um best-seller nos Estados Unidos, e faz refêrencias severas a capacidade de Donald Trump.

Após a publicação do livro, que questiona a saúde psíquica e emocional do presidente, Trump, saiu em sua própria defesa e declarou ser muito inteligente e estável. “ Na verdade, ao longo da minha vida, meus dois maiores recursos foram a estabilidade mental e ser… realmente inteligente”, disse o chefe de estado no Twitter.

É inegável que o Donald Trump é um homem muito bem-sucedido em tudo que se propôs fazer. Teve muito sucesso nos negócios, tornou-se uma estrela de TV e chegou ao posto mais poderoso do mundo na primeira tentativa: a presidência dos EUA.

Donald Trump é conhecido por utilizar as redes sociais de uma maneira curiosa e pouco usual entre chefes de estado, fazendo declarações consideradas polêmicas e que causam grandes repercussões.

Segundo o Instituto Gallup, a popularidade do presidente subiu quase 5% entre os americanos durante o período entre Natal e Ano novo. Para alguns especialistas da área, isso ocorreu por conta das férias de Trump, que ocasionou um distanciamento das redes sociais e, por consequência, das polêmicas.

A infância e adolescência de Donald Trump

Durante a maior parte de sua vida, Donald Trump viveu de acordo com suas próprias regras, já que sua fortuna permitia esse estilo de vida. Porém, durante sua infância e adolescência, sua rotina era um pouco de diferente. Confira alguns fatos curiosos sobre sua criação:

  • As regras na casa da família Trump eram muito rígidas.
  • Apesar de nascer em uma família rica, Trump e seus irmãos tinham que trabalhar para conquistar seu próprio dinheiro e tinham trabalhos temporários durante as férias escolares.
  • Trump foi uma criança rebelde e chegou a agredir um professor.
  • Aos 13 anos, seu pai decidiu colocá-lo em um internato militar bastante rígido. Lá, Donald Trump foi capitão do time de beisebol e ganhou uma condecoração pela sua “ordem e limpeza”, mas não tinha muitos amigos.

As emoções de Donald Trump

Apesar de polêmico e dividir muitas opiniões, é inegável que Trump é uma pessoa bastante determinada e também competitiva. Talvez, sua necessidade em chamar atenção através de declarações polêmicas – que causam medo e revolta em determinados grupos -, esconda uma grande necessidade em ser aceito e reconhecido. Assim, acaba usando sua autoridade como presidente para tapar feridas emocionais.

A política, o Ego e a Inteligência Emocional

O mundo da política (seja no âmbito nacional ou internacional) é repleto de privilégios e o poder e a autoridade estão entre eles. Muitos políticos não se preparam emocionalmente para lidar com o poder e a autoridade, e isso pode resultar em dificuldades emocionais para exercer o cargo de maneira saudável e equilibrada.

No ano de 2018, teremos eleições presidenciais no Brasil e vale ressaltar que tão importante quanto as promessas de campanhas, é procurar saber sobre a saúde emocional e a história de vida do seu candidato. E, assim fazer a escolha mais consciente possível.

E, você? Tem uma opinião sobre o polêmico Donald Trump? Envie seu comentário!

Translate »