Técnicas de relaxamento para diminuir a ansiedade

Publicado em: 10/12/2015 Por: Equipe SBie
mulher meditando na grama

A ansiedade é caracterizada pela preocupação antecipada sobre alguma possibilidade futura. Mas você já parou pra pensar a razão de algumas pessoas estarem sempre ansiosas, enquanto outras se mantêm tranquilas diante das mesmas situações?

Existem diversos motivos que explicam essas diferenças entre as pessoas, tais como:

– O estado emocional da mãe durante a gestação. Se ela se sentiu muito ansiosa pela chegada do bebê ou por qualquer outro motivo, é possível que a criança tenha aprendido a ser ansiosa;

– Pessoas que cresceram ouvindo que é importante se preocupar com o futuro e que é necessário planejar as coisas podem vir a se tornar adultos ansiosos;

– Pessoas inseguras e com baixa autoestima podem se sentir ansiosas em diversas situações, justamente por se preocuparem demais com o que as pessoas poderão pensar;

– Viver o futuro é uma das formas que as pessoas encontram para fugir do presente. Pessoas que estão insatisfeitas com sua vida podem se sentir ansiosas por um futuro que só existe na sua mente.

Tomar consciência sobre as causas da ansiedade é o primeiro grande passo para começar a mudar esse quadro. Um trabalho terapêutico pode ajudar muito nesse processo. Além disso, existem algumas técnicas de relaxamento que, quando aplicadas no dia a dia, podem ser fundamentais para controlar a ansiedade e trazer mais calma e centramento para sua vida.

Técnicas de relaxamento para diminuir a ansiedade

Respiração e relaxamento

A respiração é uma das principais técnicas para controlar a ansiedade que, por sua vez, é uma das causas emocionais da síndrome do pânico. Entretanto, não adianta deixar para se preocupar com a respiração apenas durante a crise: é necessário fazer com que as técnicas de respiração se tornem um hábito de vida.

Cinco minutos diários de inspirações e expirações longas e profundas são suficientes para perceber os benefícios da respiração. Quanto mais consciente você for durante a respiração, maior será sua capacidade de lidar com as situações do dia a dia, e menor será a chance de ter uma crise de ansiedade.

Passo a passo da respiração:

Desacelere sua respiração e esvazie os pulmões. Em seguida, inspire suavemente pelo nariz, contando devagar até quatro e deixando a barriga se expandir. Por fim, expire suavemente, contando até seis. Tente respirar entre oito e 12 vezes por minuto, estabelecendo um ritmo confortável e utilizando o diafragma — o músculo imediato abaixo do tórax.

Relaxamento muscular progressivo

Libertar a tensão muscular e reduzir ou afastar as preocupações também ajuda a evitar as crises. Você só precisa contrair e, em seguida, descontrair os diferentes grupos musculares do seu corpo. Com o relaxamento, sua mente irá focar na sensação de bem-estar e eliminará os pensamentos e emoções que trazem ansiedade. Quanto mais você praticar, mais sua mente aprenderá a trazer sensações de bem-estar de maneira espontânea.

Meditação

Muitos tipos de meditação são eficazes para reduzir a ansiedade. Pesquisas mostram que a meditação pode realmente mudar alguns estados do cérebro e que, com a prática regular, aumenta a sensação de serenidade e alegria.

Questione seus pensamentos

Seus pensamentos podem criar um ambiente de tranquilidade ou de ansiedade, dependendo de como você reage a eles. Se, diante de uma situação que ainda não aconteceu, você ficar pensando que algo pode dar errado ou que você não é capaz de enfrentar o momento, a ansiedade certamente aparecerá.

Normalmente, não questionamos nossos próprios pensamentos e, na maioria das vezes, as coisas que vêm a nossa mente se tornam verdades absolutas. Se você está se preparando para uma prova, por exemplo, pode ter uma série de pensamentos que tragam medo ou confiança. Tudo depende do seu sistema de crenças, da sua história e da forma como você aprendeu a pensar sobre a vida e sobre você mesmo.

Se você realmente quer controlar sua ansiedade, é fundamental ter consciência de sua vida, seus pensamentos e emoções. Para isso, é preciso parar, respirar fundo e dedicar algum tempo a você. Conheça nossos treinamentos de Inteligência Emocional e comece agora seu processo de mudança.

Imagem: © Depositphotos.com / anyaberkut

A grande oportunidade
de mudar sua vida!

Pesquisas constatam que pessoas com alto grau de
Inteligência Emocional são mais realizadas e felizes.