Depressão no meio familiar: como lidar e ajudar

Publicado em: 28/06/2018 Por: Redação SBie

© Depositphotos.com /prettyvectors Normalmente uma pessoa com depressão se isola de seu meio social, gerando diversos conflitos internos e externos.

No ambiente familiar, é muito comum existir conflitos, como brigas e discussões, mas a situação é ainda mais delicada quando um parente tem depressão. O cuidado e paciência nesses casos andam juntos, e muitos não sabem, nem entendem o que está acontecendo, fazendo assim, com que a relação familiar se estremeça, trazendo ainda mais frustração e sofrimento para a pessoa que sofre da doença.

O primeiro ponto que precisa ser esclarecido, é: não se escolhe ter depressão. Geralmente a pessoa deprimida não sente prazer em realizar atividades e acaba se isolando, sentindo uma tristeza profunda e incapacidade de desenvolver suas tarefas.

O que posso fazer para ajudar?

Escute e converse

Passar confiança e mostrar que você entende, ajuda muito. Sentar para conversar e falar abertamente, encarando a depressão como uma doença real, tudo isso ajuda para que seja demonstrado para a pessoa que alguém realmente se importa e traz a sensação de acolhimento.

Converse com todos da família

O apoio de todos da família é essencial para que o parente não se sinta sozinho e julgado por todos ao seu redor. É necessário explicar para família o que o parente está passando, para que tenham o entendimento de que não é apenas uma tristeza passageira.

Entenda o que é a depressão

Pesquise artigos e leia conteúdos relacionados que explique o que é a depressão. Assim, cada vez mais, você vai conseguir apoiar o seu parente, além de conseguir entender pelo menos um pouco do que ele está passando.
Caso queira saber quais são os sintomas que essa doença produz em uma pessoa, clique aqui e confira.

Incentive a busca por ajuda

Você e toda a família precisa encorajar a pessoa a procurar ajuda. Depressão não é momentâneo e precisa de tratamento, no caso, buscar uma ajuda psicológica. Ajude a pessoa a perceber que aquilo não está sendo saudável e que está prejudicando sua vida. Mas faça este tipo de conversa pacientemente e com cuidado.

Desenvolva sua Inteligência Emocional

Simultaneamente com a ajuda profissional, é importante incentivar que a pessoa inicie um processo de consciência para que a cura emocional possa ser efetiva. O desenvolvimento da Inteligência Emocional permite que as pessoas aprendam a administrar as adversidades da vida de maneira equilibrada, pois elas se tornam capazes de acessar e entender seus gatilhos internos e padrões limitantes. Gostaria de participar de um treinamento exclusivo para isso? Conheça o Método Lotus Inteligência Emocional  e desperte todo seu potencial humano.

Translate »