Olfato: entenda mais sobre o sentido das memórias emocionais

Publicado em: 25/01/2018 Por: Redação SBie

© Depositphotos.com / racorn A memória olfativa está diretamente interligada aos mecanismos fisiológicos das emoções

Muito provavelmente você já passou por isso: caminhando distraidamente por aí, um aroma invade seu nariz e, em milésimos de segundos, te transporta para outro tempo, outro lugar. Pode ser o cheiro de um bolo de fubá assando em uma padaria que te faz lembrar da sua avó, desencadeando diversas outras lembranças que remetem à uma época específica da sua infância. Isso acontece com muita frequência, já que o olfato é o sentido mais ligado às emoções e as memórias.

Mas Afinal, qual a razão fisiológica para o olfato ser tão poderoso?

O córtex olfativo está envolvido com o sistema límbico (cérebro emocional), local responsável por armazenar e registrar nossas memórias emotivas. Por esse motivo, os aromas, memórias e emoções estão interligados. O cérebro guarda incontáveis lembranças e, quando sofre com um estímulo externo, desencadeia uma resposta neurológica que faz uma associação dos aromas com fatos marcantes do passado.

Basta sentir um aroma familiar para que as lembranças passadas venham à tona com riquezas de detalhes. Pode ser um alimento, o perfume de uma flor, o cheiro da grama molhada ou o perfume que livro novo exala. Diferente dos outros sentidos como a visão, audição, tato e o paladar, que precisam percorrer um caminho maior para chegar nas regiões do cérebro responsáveis pelas memórias e emoções. A “memória olfativa” está diretamente interligada aos mecanismos fisiológicos das emoções.

Neuromarketing: memória afetiva pode impulsionar seus negócios

O neuromarketing estuda as noções básicas da neurociência e aplica algumas técnicas e parâmetros científicos para melhorar a experiência do consumidor e interferir positivamente no seu processo de tomada de decisão.

O marketing olfativo é uma forma estratégica para manter o cliente mais tempo na sua loja ou empresa. Utilizar esse recurso, além de despertar uma sensação de bem-estar e conforto, pode desencadear uma lembrança positiva – criando uma boa sensação ao cérebro emocional.

Essa técnica permite que toda vez que o cliente sentir uma fragrância parecida, lembre-se da sua marca ou produto instantaneamente. A dica é saber escolher o aroma adequado com o ramo de atuação do seu produto ou serviço.

Translate »