Tel: 11 2985-5949
Fale com um consultor pelo WhatsApp

O que fazer para, de fato, cumprir com minhas promessas de ano novo?

Publicado em: 09/01/2017 Por: Equipe SBie

© Depositphotos.com / [email protected] Existem algumas dicas importantes para seguir e assim conseguir cumprir as promessas feitas para 2017, tais como minimizar riscos, superar suas limitações, ter convicções, fazer um planejamento entre outras.

Fazer uma lista de metas para o ano é quase um ritual para a maioria das pessoas. Isso acontece porque o ano novo é uma data em que as energias se renovam e as pessoas se sentem naturalmente mais esperançosas e dispostas a enfrentar seus medos, sair da zona de conforto e caminhar em direção aos seus sonhos.

Ao fazer um balanço das promessas feitas no ano anterior, porém, pode acontecer de muitas metas terem sido esquecidas ou adiadas ao longo dos meses. Emagrecer, ter mais tempo para a família, fazer atividades físicas, cuidar da saúde espiritual, guardar dinheiro, começar um curso ou faculdade, mudar de emprego, ser mãe ou pai… quantas coisas você realizou e quantas ficaram para trás?

Se você não quer repetir o mesmo erro e pretende chegar ao final deste ano com muito mais metas realizadas, confira algumas dicas Inteligência Emocional para se preparar e realizar suas promessas de ano novo:

Dicas para cumprir suas promessas de ano novo

Minimize os riscos

Refletir sobre os fracassos é fundamental para aprender com seus erros. Pode até parecer estranho, mas faça uma lista de metas que não foram realizadas e elenque os sonhos que você vem adiando há anos. Para cada um desses sonhos, identifique o que deu errado, o que faltou você fazer e o que precisaria ser diferente: se faltou planejamento, dedicação, se você não priorizou, não se desenvolveu, desistiu no primeiro obstáculo, não deu os passos que precisava dar. Dessa forma, você identifica quais riscos e armadilhas você pode evitar fracassar novamente.

Expanda as oportunidades

Faça uma lista dos maiores sonhos que você já realizou, das mudanças que já fez e de tudo o que se orgulhou em conquistar — não apenas do ano anterior, mas desde que você era uma criança. Para cada uma dessas realizações, identifique quais foram os recursos utilizados, o que você fez e deu certo e quais talentos e forças estiveram disponíveis.

Supere suas limitações

Todas as pessoas possuem algum tipo de limitação física, emocional ou mental. Diante disso, o indivíduo pode escolher entre duas opções: se tornar vítima de suas limitações, condicionando sua vida a sentimentos de piedade e dó, ou transformar a dor em motivação para seguir em frente e enfrentar as dificuldades.

Tenha convicção

Decida que nada, absolutamente nada, vai te parar. Não existem caminhos sem obstáculos, e os desafios estão presentes em todas as nossas escolhas e rotas. Se você não tiver convicção daquilo que quer, certamente desistirá no primeiro obstáculo. Lembre-se que aquilo que você vive hoje é resultado das decisões que fez ontem, e o que viverá amanhã será consequência das decisões que fez hoje. Se você optar por desistir, já sabe como será o seu futuro.

Vença seus medos

Muitas pessoas deixam de tentar por medo de errar, por medo de se sentir um fracassado ou do que as pessoas vão pensar. Vença o medo de fracassar e não deixe de tentar apenas por ter insegurança. Você só saberá se dará certo se realmente tentar. Arrisque-se!

Estabeleça um vínculo emocional

O ser humano não é movido pelos seus sonhos ou metas, mas por suas emoções. São elas as responsáveis por fazer o indivíduo agir e ir atrás de seus sonhos. Por isso, além de definir e criar suas metas, é preciso criar uma conexão emocional com elas, destacando as emoções positivas associadas a cada uma e criando uma relação afetiva com tudo aquilo que você deseja tornar real.

Depois de criar as metas para cada área da sua vida, encontre o “final feliz”, ou seja: o que cada meta te proporcionará de positivo. Escreva ao lado de cada meta tudo o que ela lhe proporcionará de emoções positivas antes de começar a planejar os passos para alcança-las.

Crie sua realidade

Feche seus olhos e veja a si mesmo realizando seus sonhos. Sinta as emoções relacionadas a essa meta e entenda de que forma sua vida será modificada. Sinta-se vivendo essa realidade e crie dentro de si tudo o que você deseja.

Planeje e aja

Após criar o vínculo emocional com suas metas, comece a planejar os passos para alcança-las. Defina prioridades para cada uma delas, separando-as entre curto, médio e longo prazo, colocando tudo em ordem crescente. Estabeleça uma data limite para realizar cada uma delas, definindo dia, mês e ano para cumpri-las.

Não perca mais essa grande
oportunidade de mudar sua vida!

Pesquisas constatam que pessoas com alto grau de
Inteligência Emocional são mais realizadas e felizes.