[Autoria: Design Sbie] Hoje inicia-se definitivamente um novo ciclo da Sbie!

Vivemos tempos de turbulência e mudança. A Sbie sabe disso.

As habilidades que os nossos avós desenvolveram para sobreviver e prosperar em um mundo linear da revolução industrial são muito diferentes dos recursos e habilidades necessários para a era exponencial da transformação digital que vivemos hoje.

A automação e inteligência artificial estão mudando drasticamente nossa economia e a forma como vivemos. As novas tecnologias reduzem distâncias e representam avanços, mas não significam satisfação plena e crescimento para o homem. 

A desvalorização da vida, o fim da infância e a compulsão pelo consumo trazem felicidade momentânea e fazem com que as pessoas busquem soluções rápidas para os problemas, sem procurarem saber as reais causas do sofrimento.

Dentro desse contexto, aparecem os novos sintomas do mundo globalizado, que se exemplificam em doenças como a depressão e os transtornos alimentares.

Somado à celeridade e ao consumo excessivo, a mídia vem propagando a “ditadura da felicidade” dizendo-nos, diuturnamente que consumindo esse ou aquele produto seremos felizes. Situações corriqueiras como a perda de um ente querido, a frustração diante de uma negativa, decepções com um amigo (a), a ansiedade e angústia diante da possibilidade de uma promoção no trabalho, enfim, sentimentos próprios da condição humana, têm sido rotulados como anomalias que precisam ser extirpadas de nosso corpo e ser a todo custo.

As relações de trabalho no Brasil não escapam dessa tendência mundial. Segundo dados do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), a doença mental foi responsável, no ano de 2013, por 61.044 afastamentos do trabalho no Brasil.

Estudos sobre esse fenômeno apontam como causas objetivas as transformações das relações de trabalho no contexto da globalização e as dificuldades subjetivas de conviver com elas.

A sociedade atual atropela o lado humano do ser humano. Dificulta as relações interpessoais. Mecaniza o homem. A era digital começa a influenciar nas mais diversas áreas, seja no mercado, na arte ou nas relações humanas. Cada vez mais presentes e desenvolvidas, perpassam despercebidas, quase que como uma extensão do próprio homem.

O futuro nos aguarda e, nele, nossos diferenciais se evidenciarão da forma mais humana possível: por isso, é imprescindível que os seres humanos desenvolvam suas competências emocionais.

O que nos diferencia dos robôs é exatamente as nossas emoções. A inteligência artificial utiliza o raciocínio lógico, a memória e a linguagem. Mas, ainda assim, requer recursos avançados como raciocínio, aprendizado conceitual, senso comum, planejamento, criatividade e até autoconsciência das emoções, que permanecem além do nosso alcance científico. Não há caminhos de engenharia para se engajar nessas capacidades gerais.  

Então quais ferramentas precisamos para prosperar e sobreviver nessa nova era, uma vez que a inovação não é mais uma opção?

A Inteligência Emocional é chamada de “A COMPETÊNCIA DO SÉCULO” por ser uma competência essencial para o ser humano do futuro. Líderes de todas as áreas precisam entender e atuar em um ambiente de constante mudança, desafiando padrões pré-estabelecidos e inovando constantemente. E isso só é possível se, inicialmente, for: humano, empático, adaptável, questionador, sensível e disruptivo.

Precisamos seguir evoluindo, encontrar nosso propósito e não mais resistir a todas essas mudanças, mas sim sermos parte delas de forma proativa. E, com as ferramentas corretas, isso é possível. 

Hoje inicia-se definitivamente um novo ciclo da Sbie. Tudo que foi construído até hoje, foi essencial para direcionarmos o nosso novo foco. Por isso, temos muito orgulho de anunciar nosso novo direcionamento como empresa!

Mais do que só transformar vidas no presente, nossa nova missão visa capacitar o ser humano para o futuro. Para a resolução dos grandes desafios da vida. Para prosperar num mundo assolado por doenças emocionais. Para se destacar em meio a esse cenário.

Se a Inteligência Emocional é a chave para essa nova era, a Sbie é o link para o seu futuro!

Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on pinterest

Posts Relacionados

Além das redes-sociais: o Setembro Amarelo deve ser todos os dias

Devemos levar a iniciativa do Setembro Amarelo para todos os dias da nossa vida e as atitudes nas redes-sociais para a vida real.

Leia Mais ►

É preciso entender que entre a timidez e a fobia social, há uma grande diferença. Conheça os principais sintomas desse transtorno.

Leia Mais ►

Precisamos realmente prestar atenção em nossas emoções e em nosso corpo: segundo a OMS, 15% do brasileiros sofrem de enxaqueca.

Leia Mais ►

Treinamentos Sbie

DESENVOLVA A
CAPACIDADE QUE PESSOAS REALMENTE FELIZES E QUE VERDADEIRAMENTE LIDERAM SUAS VIDAs POSSUEM.
A HABILIDADE INDISPENSÁVEL PARA TODO PROFISSIONAL
QUE TRABALHA COM DESENVOLVIMENTO HUMANO.

Inscreva-se para receber nossa newsletter