Tel: 11 2985-5949
Fale com um consultor pelo WhatsApp

Confira 4 dicas de como lidar com filhos rebeldes

Publicado em: 11/08/2017 Por: Equipe SBie

© Depositphotos.com / photographee.eu Para lidar com os filhos rebeldes é essencial estabelecer regras, não encobertar os erros, conversar e maneiras nas críticas.

Lidar com filhos rebeldes é um dos principais desafios que os pais enfrentam durante o processo de criação e condução das crianças para a vida adulta. Mães e pais sabem o quanto é difícil encontrar um equilíbrio entre repreender certos comportamentos ou ceder diante de algumas situações.

Quando os filhos atingem uma certa idade e começam a questionar determinadas regras, é comum que surjam alguns conflitos no relacionamento entre pais e filhos adolescentes. Esses problemas acontecem devido a mudanças comportamentais que, geralmente, são passageiras e fazem parte do próprio amadurecimento dos jovens.

Na tentativa de fazer o melhor possível pelos filhos, muitos pais os protegem demais e acabam criando indivíduos que apresentam grande dificuldade para lidar com frustrações e que agem sempre querendo ser o centro das atenções. Crianças que cresceram sem limites e que tinham tudo o que desejavam podem acabar pagando um preço alto na vida adulta, pois desenvolvem problemas para lidar com as decepções e não conseguem seguir regras ou ter autodisciplina.

Dicas para lidar com filhos rebeldes

A rebeldia é a dificuldade em aceitar a realidade da vida e saber lidar com limites e experiências negativas. Caso você tenha criado seus filhos mimados demais e agora enfrenta esse desafio, saiba que ainda dá tempo de corrigir alguns comportamentos e preparar seu filho para enfrentar a vida adulta de maneira mais saudável e harmoniosa. Confira como fazer isso:

Estabeleça regras

O jovem precisa entender que, para viver em sociedade, é preciso seguir diversas regras — que começam dentro de casa. Estipule horários bem definidos para as refeições, para os estudos, para o descanso e para a diversão. Seguir uma rotina organizada desenvolve o senso de responsabilidade nas crianças e adolescentes, e é fundamental para amenizar comportamentos rebeldes.

Não encoberte os erros

Entenda que seu filho está crescendo e precisa aprender a lidar com certas situações sozinho. Não tente continuar protegendo a criança para sempre, pois isso impede que ela viva a consequência de determinadas ações e situações.

Caso ele tenha sido reprovado em uma matéria, por exemplo, não tente encontrar culpados —como achar que o professor é rígido demais ou o método da escola não é o mais adequado. Essas atitudes acabam fortalecendo a falta de comprometimento do jovem e dificultam seu amadurecimento.

Converse e explique o motivo de suas decisões

Na adolescência as cobranças começam a aumentar e, ao mesmo tempo, novos hábitos se instalam na vida do jovem. Faça o possível para sempre conversar sobre todas essas mudanças, explicando os motivos de suas decisões para seu filho de modo que ele possa entender a forma como você conduz sua criação e estabelece as regras. Estabeleça um diálogo horizontal com seu filho, fazendo com que ele sinta mais confiança em se abrir e dividir as questões internas com você.

Maneire nas críticas

É preciso cuidado para não desenvolver uma relação de competição com os filhos rebeldes, em que vocês ficam vendo quem pode mais. Muitos pais acabam exagerando nas críticas e, com isso, estabelecem uma relação cheia de ruídos, tensa e rígida. Prefira fazer críticas construtivas e não se esqueça de elogiar os pontos positivos e os acertos do adolescente.

 

Não perca mais essa grande
oportunidade de mudar sua vida!

Pesquisas constatam que pessoas com alto grau de
Inteligência Emocional são mais realizadas e felizes.