Como superar o sentimento de tristeza profunda?

Publicado em: 17/11/2016 Por: Equipe SBie

© Depositphotos.com / Nikodash A tristeza profunda geralmente está relacionada a problemas específicos que acontecem na vida da pessoa.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 120 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de tristeza profunda. Conviver com a tristeza dói: tudo se torna sem graça, a pessoa não tem ânimo para fazer nada, se afasta dos amigos e acaba abandonando seus sonhos. Este sentimento normalmente está relacionado a problemas específicos, como a perda de um ente querido, uma desilusão amorosa, traumas, descontentamento profissional/pessoal ou algum conflito interior que não está bem resolvido.

Embora seja natural se sentir triste de vez em quando, vale a pena ficar atento caso este sentimento seja persistente e não tenha um motivo específico. Isso porque a tristeza profunda é um dos sintomas da depressão, sendo geralmente acompanhado de baixa autoestima, falta de interesse pela vida, desânimo, distúrbio de sono, dificuldade para se concentrar e mau humor.

Diferença entre tristeza e depressão

A tristeza faz parte da vida e, em geral, uma pessoa que está triste tem um motivo específico para apresentar este sentimento — que dura por um tempo relativamente curto. A depressão, por outro lado, está associada a uma tristeza persistente e sem motivo, que consome todos os seus pensamentos. Quando a pessoa permanece triste e desanimada, sem motivos aparentes, por mais de 15 dias, é indicado que ela procure ajuda médica e psicológica.

O principal sintoma da depressão é a negatividade em relação a si mesmo, ao restante do mundo e ao futuro. O depressivo só se recorda das coisas negativas, e não acredita que coisas boas possam acontecer.

Dicas para superar a tristeza profunda

Entenda que a tristeza pode ser sua amiga

Uma pessoa triste é capaz de mudar seu estado de espírito quando algo bom acontece e consegue pensar em coisas positivas. Em geral, quem se sente triste questiona a razão deste sentimento e, ao pensar sobre o assunto, acabam valorizando sua vida e o momento. Todas as emoções são amigas, e chegam para sinalizar que alguma coisa precisa ser mudada.

Ouça suas emoções

A tristeza rouba a energia do indivíduo. Por isso, muitas pessoas acabam camuflando esse sentimento, querendo que ele se afaste rapidamente. Mas as pessoas que passam por cima da tristeza acabam reprimindo a dor e fazendo que ela cresça em seu interior. Nesse sentido, refletir sobre o que a emoção está querendo sinalizar é fundamental para dar a volta por cima.

Analise sua vida e perceba o que você gostaria que fosse diferente. Algumas coisas podem ser mudadas e dependem de você, e outras não. Mude o que pode ser mudado, e aceite o que não depende de você. Muitas pessoas se sentem tristes porque lutam contra aquilo que não pode ser mudado por elas.

Agradeça mais

Pessoas tristes costumam reclamar de tudo, sempre colocando a atenção no que está errado. Para sair dessa situação, comece a enxergar quantas coisas maravilhosas você tem na vida e quantas oportunidades aparecem no seu caminho. Agradeça aquilo que você já tem e pare de buscar apenas o que falta. A gratidão é a grande chave para se afastar da tristeza e da solidão.

Busque prazer

Reflita sobre a tristeza, mas não mergulhe nela, pois assim só atrairá mais coisas que lhe deixem triste. Faça coisas que tirem o foco da tristeza e te façam sentir feliz. Viaje, faça um curso, pratique esportes, vá ao cinema, saia para dançar, vá ao salão de beleza, saia com amigos que não vê há tempos e aprenda a gostar de estar com você mesmo.

Autoconhecimento

Todas as pessoas precisam olhar para as dores que fazem parte da sua história de vida. Quando acolhemos nossas dores e damos um novo significado para essas memórias, “limpamos” o conteúdo doloroso desencadeia as emoções negativas. Atribuir novos significados para memórias de dor é um dos grandes passos para evitar emoções como medo, tristeza a raiva.

Aprender a superar conflitos, conviver com mudanças, relacionar-se de forma harmoniosa com as pessoas e dominar as emoções são outros pequenos passos que devem ser aprendidos e praticados, evitando que as mudanças naturais da vida nos impeçam de alcançar aquilo que realmente viemos buscar: a felicidade.

Translate »